Jornal do Commercio
DELAÇÃO PREMIADA

Aécio diz que Temer errou por não escolher ministro que mexa na PF

A conversa, anexada à delação premiada do empresário, ainda revela um suposto esquema de indicação dos políticos a delegados da PF

Publicado em 18/05/2017, às 18h40

Aécio, na mesma conversa, também aponta que é difícil aprovar a anistia ao Caixa 2 e a Lei de abuso de autoridade / Foto: Estadão Conteúdo
Aécio, na mesma conversa, também aponta que é difícil aprovar a anistia ao Caixa 2 e a Lei de abuso de autoridade
Foto: Estadão Conteúdo
JC Online

Em trecho do diálogo entre o senador Aécio Neves e o empresário Joesley Batista, da JBS, o tucano afirma que o ministro Eliseu Padilha, escolhido por Michel Temer para a Casa Civil, é um "bosta". Aécio também critica a nomeação de Osmar Serraglio para a Justiça. "Ele (Temer) errou de novo em nomear essa p... (...) porque aí mexia na PF", aponta.

>>> Leia trecho completo da conversa

>>> Aécio diz que passou 10 noite sem dormir por conta do envolvimento da irmã

A conversa, anexada à delação premiada do empresário, ainda revela um suposto esquema de indicação dos políticos a delegados da Polícia Federal. "O cara que vai distribuir os inquéritos para o delegado. Você tem lá cem, sei lá, dois mil delegados da Polícia Federal. Você tem que escolher dez caras, né? Do Moreira (ministro de Temer), que interessa a ele vai pro João", diz.



Anistia ao Caixa 2 e abuso de autoridade

Aécio, na mesma conversa, também aponta que é difícil aprovar a anistia ao Caixa 2 e a Lei de abuso de autoridade porque Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, e Eunício Oliveira (PMDB-CE), são "frágeis".


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM