Jornal do Commercio
INVESTIGADO

Aécio Neves renuncia à presidência do PSDB

Tasso Jereissati (PSDB-CE) deverá assumir interinamente a presidência do partido

Publicado em 18/05/2017, às 17h26

Segundo o parlamentar, ele sugeriu o nome de Tasso Jereissati para assumir a legenda / Foto Lula Marques/AGPT
Segundo o parlamentar, ele sugeriu o nome de Tasso Jereissati para assumir a legenda
Foto Lula Marques/AGPT
JC Online

O senador Aécio Neves anunciou, por meio de nota, na tarde desta qinta-feira (18), que irá licenciar-se da presidência do PSDB. O tucano foi apontado na delação do Joesley Batista, dono da JBS, como o receptor, em gravação anexada aos autos, de uma quantia de R$ 2 milhões que seria paga pelo empresário, para pagar despesas com defesa na Lava Jato. A gravação teria sido realizada pelo próprio empresário e entregue à Procuradoria-Geral da República (PGR).

 

"Em razão das ações promovidas no dia de hoje contra mim e minha família, quero afirmar que, a partir de agora, minha única prioridade será preparar minha defesa e provar o absurdo dessas acusações e o equívoco dessas medidas.
Me dedicarei diuturnamente a provar a minha inocência e de meus familiares para resgatar a honra e a dignidade que construí ao longo de meus mais de trinta anos de vida dedicada à política e aos mineiros em especial", escreveu o senador.



Segundo o parlamentar, ele sugeriu o nome de Tasso Jereissati para assumir a legenda. " O tempo permitirá aos brasileiros conhecer a verdade dos fatos e fazer ao final um julgamento justo. Para isso, decidi licenciar-me hoje da Presidência do PSDB que ocupo há mais quatro anos com extrema honra e dedicação. O Brasil precisa que o PSDB continue a ser o fiador das importantes reformas que vêm mudando o país. Depois de ouvir inúmeros companheiros e seguindo o que determina o nosso Estatuto, estou apresentando à Executiva o nome do senador Tasso Jereissati, do PSDB do Ceará, para assumir nessa interinidade a presidência do partido.

Investigação

Aécio ainda confirmou aguardar "com firmeza e serenidade" que as investigações ocorram. "Estou certo de que, ao final, como deve ocorrer num país onde vigora o Estado de Direito, a verdade prevalecerá e a correção de todos os meus atos e de meus familiares será reconhecida", finalizou.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM