Jornal do Commercio
DELAÇÃO PREMIADA

Leia trecho da Conversa de Aécio com dono da JBS

Senador chega a chamar ministro de Temer de "bosta"e negocia votação de Caixa 2 e Abuso de Autoridade

Publicado em 18/05/2017, às 17h51

Aécio chega a criticar ministros escolhidos por Michel Temer  / Pedro França/Agência Senado
Aécio chega a criticar ministros escolhidos por Michel Temer
Pedro França/Agência Senado
JC Online

A transcrição da conversa entre o senador Aécio Neves (PSDB) e o empresário Joesley Batista discutindo a aprovação de projetos como a criminalização do Caixa 2 e a lei de Abuso de Autoridade foram publicados pelo portal G1, na tarde desta quinta-feira (18). Na conversa, Aécio chega a criticar ministros escolhidos por Michel Temer e relaciona os presidente da Câmara e do Senado Federal. 



>>> Confira conversa na qual Aécio diz que passou dez noite sem dormir por envolver a irmã no esquema

Leia:

AÉCIO: Esses vazamentos, essa porra toda, é uma ilegalidade...

JOESLEY: Não vai parar com essa merda?
AÉCIO: Cara nós tamos vendo (...) primeiro: nós temos dois caras frágeis pra caralho nessa estória é o Eunício [de Oliveira, presidente do Senado] e o Rodrigo [Maia, presidente da Câmara], o Rodrigo especialmente também, tinha que dar uma apertada nele que nós tamos vendo o texto (...) na terça-feira.
JOESLEY: Texto do que?
AÉCIO: Não...são duas coisas: primeiro cortar o pra trás (...) de quem doa e de quem recebeu...
JOESLEY: e de quem recebeu
AÉCIO: Tudo. Acabar com tudo esses crimes de falsidade ideológica, papapá, que é que na, na, na mão [dupla], texto pronto nãnã. O Eunício afirmando que tá com culhão pra votar, nós tamo. Porque o negócio agora não dá para ser mais na surdina tem que ser o seguinte, todo mundo assinar, o PSDB vai assinar, o PT vai assinar, o PMDB vai assinar, tá montada. A idéia é votar na, porque o Rodrigo devolveu aquela tal das dez medidas, a gente vai votar naquelas dez, naquela merda das dez medidas, toda essa porra. O que que eu tô sentindo? Trabalhando nisso igual um louco.
JOESLEY: Lógico.
AÉCIO: O Rodrigo, enquanto não chega nele essa merda direito né?
JOESLEY: Todo mundo fica com essa. Não...
AÉCIO: E, meio de lado, não, meio de leve, não, meio de raspão, né, não vou morrer. O cara, cê tinha que mandar um, um, cê tem ajudado esses caras pra caralho, tinha que mandar um recado pro Rodrigo, alguém seu, tem que votar essa merda de qualquer maneira, assustar um pouco, eu tô assustando ele, entendeu, se falar coisa sua aí... forte... Não que isso? (Livra) resolvido isso tem que entrar no abuso de autoridade... o que esse Congresso tem que fazer. Agora tá uma zona, porquê? O Eunício não é o Renan [Calheiros, ex-presidente do Senado], o Renan...
JOESLEY: Já andaram batendo no Eunício aí né? Já andaram batendo nas coisas do Eunício, negócio da empresa dele, não sei o quê.
AÉCIO: Ontem, até... eu voltei com o Michel ontem, só eu e o Michel, pra saber também se o cara vai bancar entendeu, diz que banca, porque tem que sancionar essa merda, imagina bota cara.
JOESLEY: E, aí ele chega lá e amarela.
AÉCIO: Aí o povo vai pra rua e ele amarela. Apesar que a turma no torno dele o Moreira [Franco, ministro de Temer], [RICARDO] esse povo, o próprio Padilha [Eliseu Padilha, ministro de Temer] não vai deixar escapulir. Então chegando finalmente a porra do texto, tá na mão do Eunício...
[...]
JOESLEY: Esse é bom?
AÉCIO: Tá na cadeira (...) O Ministro é um bosta de um caralho, que não dá um alô, peba, está passando mal de saúde pede para sair Michel tá doido. Veio só eu e ele ontem de São Paulo, mandou um cara lá no Osmar Serraglio [ministro da Justiça], porque ele errou de novo de nomear essa porra desse (...). Porque aí mexia na PF. O que que vai acontecer agora? Vai vim inquérito de uma porrada de gente, caralho, eles são tão bunda mole que eles não (tem) o cara que vai distribuir os inquéritos para o delegado. Você tem lá cem, sei lá, dois mil delegados da Polícia Federal. Você tem que escolher dez caras, né? Do Moreira, que interessa a ele vai pro João.
JOESLEY: Pro o João.
AÉCIO: É. O Aécio vai pro Zé, (...)
JOESLEY: (...) [vozes intercaladas]
[...]
AÉCIO: Tem que tirar esse cara.
JOESLEY: É, pô. Esse cara já era. Tá doido.
AÉCIO: E o motivo igual a esse?
JOESLEY: Claro. Criou o clima.
AÉCIO: É ele próprio já estava até preparado para sair.
JOESLEY: Claro. Criou o clima.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM