Jornal do Commercio
OPERAÇÃO PATMOS

Andrea Neves, irmã de Aécio, sempre atuou nos bastidores

Mentora e articuladora política do irmão, Andrea foi figura presente nos três mandatos do tucano em Minas Gerais

Publicado em 19/05/2017, às 09h40

Andrea foi presa nessa quinta-feira (18) pela Polícia Federal / Foto: Divulgação
Andrea foi presa nessa quinta-feira (18) pela Polícia Federal
Foto: Divulgação
Estadão Conteúdo

Mentora e articuladora política do irmão, o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), Andrea Neves foi figura presente nos três mandatos do tucano em Minas. Presidente do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) por 11 anos, a partir de 2003, recebia parlamentares, prefeitos e peneirava demandas para Aécio. Andrea foi presa nessa quinta-feira (18).

Sua atuação política, porém, começou bem antes, parte dos fundadores do PT no Rio de Janeiro. Estava no Riocentro no atentado de 1981, em comemoração ao Dia do Trabalho. Passou a ser conhecida, no entanto, a partir do primeiro mandato do irmão como deputado federal, em 1987.



Primeiro mandato de Aécio

No governo mineiro, seu poder chegou a tal proporção que, durante o primeiro mandato de Aécio, em uma missa de fim de ano realizada no Palácio da Liberdade, foram formadas duas filas para cumprimentos a Aécio e Andrea. A fila para a da presidente do Servas era maior que a do tucano.

Jornalista, também se encarregava do contato com a direção dos jornais, rádios e televisões do Estado. Sempre com o objetivo de garantir a melhor imagem para o tucano. O atual secretário de estado de Saúde, Sávio Souza Cruz, um dos mais ferrenhos críticos de Aécio Neves, diante da atuação de Andrea, a apelidou de "Goebbels das Alterosas", em referência ao ministro da Propaganda de Hitler, Joseph Goebbels.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM