Jornal do Commercio
Congresso

No Recife, Gleisi Hoffmann e Lindbergh Farias defendem a convocação de eleições diretas

Senadores participaram da abertura do 6º Congresso Estadual do PT-PE, na Câmara de Vereadores do Recife

Publicado em 19/05/2017, às 22h42

Gleisi e Lindbergh participaram de evento na Câmara de Vereadores do Recife nesta sexta / Foto: Renata Monteiro/ JC
Gleisi e Lindbergh participaram de evento na Câmara de Vereadores do Recife nesta sexta
Foto: Renata Monteiro/ JC
JC Online

Na semana em que Joesley Batista, dono da JBS, acusou o presidente Michel Temer (PMDB) de concordar com a compra do silêncio do ex-deputado federal Eduardo Cunha, petistas e aliados de várias partes do País reuniram-se na Câmara dos Vereadores do Recife para a abertura do 6º Congresso Estadual do PT-PE. Os senadores Gleisi Hoffmann, Lindbergh Farias e Humberto Costa participaram nesta sexta-feira (19) do evento, que contou ainda com a presença de nomes como o da vereadora Marília Arraes, dos ex-prefeitos João Paulo e João da Costa e do deputado estadual Sílvio Costa Filho (PRB).

Apesar de Batista também ter citado os ex-presidentes Lula e Dilma, bem como o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega na sua delação, o que prevaleceu no primeiro dia do encontro foram os debates acerca da crise no governo Temer e da necessidade, segundo eles, da convocação de eleições diretas. Para Gleisi, a turbulência no Brasil só chegará ao fim depois da saída do presidente do poder.

“Ele (Temer) é ilegítimo já faz tempo. Deu um golpe na presidente Dilma, entrou como presidente sem votos e é agarrado ao poder, ao comando que está ali. Ele não tem noção do País, do que precisávamos para sair dessa crise. Após esse escândalo, o certo seria ele renunciar e o Congresso Nacional aprovar uma emenda constitucional convocando eleições diretas. Nada além do voto popular pode salvar o nosso País”, afirmou a senadora.

Na visão de Lindbergh Farias, uma eleição indireta seria um grande erro neste momento. “Nenhum presidente vai ter legitimidade sendo eleito só pelo Congresso Nacional. O País está numa crise gigantesca, é fundamental que alguém seja eleito com voto popular, seja quem for. Nós vamos ter o nosso candidato, eles o deles. Vamos disputar. Quem ganhar a eleição sai com apoio para tirar o País da crise. É um equívoco completo essa saída pela eleição indireta, o povo brasileiro não vai aceitar”.



Gleisi Hoffmann também disse acreditar que o governo do peemedebista não se sustenta por muito tempo. “Ele deve estar querendo ganhar tempo para tentar negociar uma saída, pois se ele perder o cargo e o processo for para a primeira instância, ele corre um sério risco de ir preso”, cravou.

NOVAS DELAÇÕES

Questionado se temia alguma delação, Farias foi enfático: “eu não tenho medo de nenhuma delação porque não fiz nada de errado. Quem tem que ter medo de delação é quem fez errado”, disse o senador.

Nestes sábado (20) e domingo (21), o congresso do PT-PE terá continuidade no Centro de Formação e Lazer do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Federais em Saúde e Previdência Social no Estado de Pernambuco (Sindsprev), em Bola na Rede, Paulista.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM