Jornal do Commercio
Instabilidade Política

Guardian publica balanço sobre Lava Jato e situação política do Brasil

Os desdobramentos da 'Car Wash', tradução livre para Lava Jato, fazem a revista questionar já no título da matéria se a investigação pode ser considerada como o maior escândalo de corrupção da história

Publicado em 01/06/2017, às 11h59

Sobre o momento de instabilidade política enfrentada no país, o periódico britânico destaca as dificuldades que Temer e seus aliados possuem de concluir o mandato até o final de 2018 / Foto: AFP
Sobre o momento de instabilidade política enfrentada no país, o periódico britânico destaca as dificuldades que Temer e seus aliados possuem de concluir o mandato até o final de 2018
Foto: AFP
JC Online
Com informações do UOL

Em reportagem especial publicada nesta quinta-feira (1º), o jornal inglês The Guardian detalhou as nuances da Operação Lava Jato e seus reflexos na política brasileira desde que foi deflagrada. 

Os desdobramentos da 'Car Wash', tradução livre para Lava Jato, fazem a revista questionar já no título da matéria se a investigação pode ser considerada como o maior escândalo de corrupção da história e que o avanço do Brasil "vai depender não apenas de quem cair, mas de quem vem depois".

Para remontar a realidade vivida pelos brasileiros, Guardian inclusive incorpora expressões locais, como 'acabar em pizza', e coloca a cidade de Curitiba, centro das investigações da Polícia Federal, como a 'Londres brasileira', pois seus habitantes supostamente teriam maior inclinação a seguir às leis do que as pessoas do norte.

Ilustração publicada pelo jornal britânico na versão online da reportagem


O jornal ressalta a importância da Operação na luta contra as irregularidades, num cenário político "altamente vulnerável a corrupção", mas questiona as investidas da Polícia Federal ao perguntar se realmente "valeu o sacrifício".



Instabilidade política

Sobre o momento de instabilidade política enfrentada no país, o periódico britânico destaca as dificuldades que Temer e seus aliados possuem de concluir o mandato até o final de 2018 devido às acusações a que estão sendo submetidos. Ainda coloca em xeque o futuro do país ao relativizar os rumos promovidos pela Lava Jato.

De acordo com Guardian, enquanto vários brasileiros acreditam que a operação torne a nação 'mais eficiente', há o medo de que o as investigações 'abalem a democracia' nacional, o que poderia alçar ao poder um regime ditatorial ou um governo teocrático evangélico de direita, mas sem dar nomes às possíveis lideranças.

Em relação ao PT, o jornal defende que "Era para o Partido dos Trabalhadores supostamente ser diferente. Ele foi eleito com a promessa de limpar a corrupção, mas logo foi engolido". Já sobre o ex-presidente Lula o veículo fala em 'areia movediça ética' para explicar os avanços sócio-ambientais auferidos nos oito anos de seu governo.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.
JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM