Jornal do Commercio
AFIRMAÇÃO

Definição de regras para concessões e privatizações está avançando

A declaração é do ministro da Fazenda, Herique Meirelles

Publicado em 19/06/2017, às 18h50

Meirelles citou oportunidades em projetos nas áreas de energia, petróleo, rodovias e ferrovias, com regras claras para os investidores / Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
Meirelles citou oportunidades em projetos nas áreas de energia, petróleo, rodovias e ferrovias, com regras claras para os investidores
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
Estadão Conteúdo

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, usou, nesta segunda-feira (19), seu perfil no Twitter para afirmar que a definição de regras para concessões e privatizações "está avançando". Ele citou oportunidades em projetos nas áreas de energia, petróleo, rodovias e ferrovias, com regras claras para os investidores.

"O governo prevê leilões de exploração de petróleo para 2017, 2018 e 2019. Haverá previsibilidade para os investidores", disse o ministro na rede social. "É essencial atrair capital privado para aumentar investimentos em infraestrutura. O BNDES continuará com papel relevante no financiamento", completou.



No último Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas, publicado no fim de maio, a equipe econômica projetou uma arrecadação de R$ 27,951 bilhões em concessões em 2017. Por exemplo, a previsão de receitas do bônus de assinatura referente à 3ª rodada de licitação de áreas de produção de petróleo, sob regime de partilha, é de R$ 4,3 bilhões.

Confira os tweets:


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM