Jornal do Commercio
combustível

Armando propõe taxação em 17% do etanol norte-americano

Senador pernambucano solicitou análise da proposta à Câmara de Comércio Exterior

Publicado em 13/07/2017, às 10h21

Segundo Armando, importação do etanol dos EUA aumentou 400% em 2017 / Foto: Agência Senado
Segundo Armando, importação do etanol dos EUA aumentou 400% em 2017
Foto: Agência Senado
Da editoria de Política

Ligado ao setor sucroalcoleiro do Estado, o senador Armando Monteiro Neto (PTB) solicitou ao governo federal, através do conselho de ministros da Câmara de Comércio Exterior (Camex), a aprovação da recomendação do Ministério da Agricultura de taxar em 17% as importações de etanol de milho dos Estados Unidos. Atualmente, não é feita a cobrança de imposto para o produto norte-americano.

Na sua fala em plenário, Armando citou dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP) sobre a importação de etanol de milho, que cresceram 400% no primeiro semestre deste ano, comparado com o mesmo período de 2016. O volume importado em 2017 chegou a 1,3 bilhão de litros, correspondente a 83% da produção anual do Nordeste, que é 1,6 bilhão de litros.



O senador citou dados do mercado sucroenergético do Nordeste. A atividade é a maior agroindustrial do Nordeste, somando 62 usinas, 25 mil fornecedores independentes de cana de açúcar e 250 mil postos de trabalho diretos.

CONCORRÊNCIA

Para Armando, a falta de taxação do produto importado gera uma concorrência desleal do produto e ameaça os empregos, além da produção de álcool do Nordeste. O etanol nacional sobre taxação de impostos como ICMS, que varia de acordo com o Estado, o PIS-Cofins, além de tributos próprios do setor energértico. Em março, Armando esteve reunido com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, e o presidente do Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool de Pernambuco, Renato Cunha, para tratar do assunto.

No pronunciamento, Armando afirmou que não está defendendo a reserva de mercado, pois "sempre foi favorável à abertura da economia", mas que pretende garantir a "igualdade de competição". Ainda de acordo com o senador, o etanol de milho comprado dos EUA não cumpre obrigações de manutenção de estoques mínimos e outras exigências regulatórias cobradas do produtor nacional.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

#ConexãoPelaVida #ConexãoPelaVida
Há quase dois séculos, o Real Hospital Português mantém a sua atenção voltada para o bem-estar dos pacientes. Conheça um pouco mais sobre a instituição médica que aos 162 não para de se modernizar
Agreste Empreendedor Agreste Empreendedor
O Agreste pernambucano é a região que mais cresce em Pernambuco. E, por incrível que pareça, a força motriz que puxou esse desenvolvimento foi o empreendedorismo.
Envelhecer bem Envelhecer bem
Com eles não tem isso de ficar em casa ou passar boa parte do dia lendo ou na frente da televisão. Não suportam dias monótonos. Eles são muito ativos e encaram qualquer desafio, até porque querem aproveitar a vida da melhor forma possível.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM