Jornal do Commercio
SUSPEIÇÃO DE JANOT

Advogado diz que Temer está sofrendo e pede que ''deixem-no em paz'' no STF

Mariz recorreu ao "sofrimento" do presidente com as acusações, citando até um irmão doente do peemedebista

Publicado em 13/09/2017, às 15h06

Michel Temer pediu que Janot fosse afastado das investigações contra ele / Foto: Nelson Jr/SCO/STF
Michel Temer pediu que Janot fosse afastado das investigações contra ele
Foto: Nelson Jr/SCO/STF
JC Online

Ao defender o presidente Michel Temer, durante sessão do Supremo Tribunal Federal (STF) que vota o pedido de suspeição de Janot nas investigações contra o peemedebista, o advogado Claudio Mariz de Oliveira disse que Temer está sofrendo, assim como a primeira-dama Marcela Temer. Pedindo comedimento do Ministério Público, o advogado citou inclusive um irmão doente do presidente ao fazer a defesa na tribuna.

"Não é assim que os grandes procuradores agiam, é preciso que haja comedimento. Se está acusando um cidadão, se está acusando um cidadão brasileiro que é o Presidente da República, quer se queira quer não se queira. é o homem que responderá pelo País durante um ano e meio daqui pra frente. Deixem-no em paz. Pensem um pouco no sofrimento que essa conduta está infligindo o presidente da República, seus filhos, a mulher e um irmão doente", afirmou.



Suspeição

Ao pedir a suspeição de Janot, por agir num empenho pessoal nas investigação, a defesa de Temer apontou as declarações de Janot como provas do comprometimento pessoal dele na investigação. Segundo Mariz de Oliveira, o fato do pgr ter dito que “enquanto houver bambu, lá vai flecha”, referente à denúncia contra o peemedebista, bem como o fatiamento de denúncia contra o presidente, apontam a conduta adversa ao cargo de procurador-geral da República.

O plenário do Supremo Tribunal Federal julga nesta tarde o pedido de afastamento de Janot da investigação. A primeira denúncia contra Temer, por corrupção passiva, foi rejeitada pelo Congresso. Nessa terça-feira (12), o ministro Barroso determinou a abertura de um novo inquérito contra o presidente por suposto esquema em edição no Decreto dos Portos, e uma nova denúncia é esperada contra Temer até a saída de Janot da PGR, no próximo dia 17.


Recomendados para você


Comentários

Por Carlos Ferreira da Silva,17/09/2017

Bunda vaga e puxa saco! Estou me lixando se esse bandido está sofrendo!

Por luiz fernando tubino,16/09/2017

o advogado do temer fala em sofrimento do seu cliente ladrão, líder de quadrilha e que pela sua atitude faz milhões de brasileiros sofrerem sem emprego, sem saúde e sem habitação. Vivem humilhados e em permanente sofrimento.

Por afonso Schroeder,16/09/2017

Quando começar a pagar a pena na cadeia o sofrimento para "Michel Temer" é traidor, golpista, mentiroso, impostor e corrupto comprovado com uma quadrilha de décadas de corruptores e corruptos e lugar de pessoas com esta qualificação só tem um lugar cadeia já "Michel Temer" e toda sua quadrilha por todo Brasil.

Por arlete costa serrão,15/09/2017

Ai que dor esse verme é muito cara de pau mesmo .

Por arlete costa serrão,15/09/2017

Esse usurpador tem que apodrecer na cadeia . Brasil esta entregue nas mãos dessa quadrilha.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.
JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM