Jornal do Commercio
DEPOIMENTO

Gleisi Hoffmann diz ver Lula com posições firmes ante o juiz Moro

A senadora está junto com os manifestantes numa rua próxima ao prédio da Justiça Federal

Publicado em 13/09/2017, às 15h06

A senadora e presidente do PT também disse que Palocci deve ser desligado do partido / Foto: Ricardo Stuckert/Twitter/Lula
A senadora e presidente do PT também disse que Palocci deve ser desligado do partido
Foto: Ricardo Stuckert/Twitter/Lula
Estadão Conteúdo

A senadora e presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR), chegou nesta quarta-feira (13) ao prédio da Justiça Federal em Curitiba, onde o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva prestará depoimento, às 14 horas, à força tarefa da Operação Lava Jato e ao juiz Sérgio Moro. A senadora está junto com os manifestantes numa rua próxima ao local.

Perguntada sobre se acredita que Lula pode fazer um "desabafo" perante Moro, a senadora disse não acreditar nessa possibilidade e que espera "um Lula com posições firmes".



Palocci

Segundo Gleisi, a delação do ex-ministro dos governos Lula e Dilma, Antonio Palocci, não afeta nem o ex-presidente nem o PT. "As delações do Palocci não afetam nem Lula nem o PT porque foram mentirosas. Ele falou tudo aquilo para se livrar da cadeia", disse a senadora.

Ela disse ainda que está em curso, dentro do PT, um processo para desligar Palocci, já que o estatuto da legenda não permite que se "fale mal do partido".


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM