Jornal do Commercio
EXPLICAÇÕES

PF diz que Segovia responderá Barroso na Quarta de Cinzas

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso mandou intimar o diretor-geral da PF para esclarecimentos sobre as declarações do chefe da PF sobre a investigação contra o presidente Michel Temer

Publicado em 10/02/2018, às 15h39

O diretor-geral da PF chegou a mandar mensagens de Whatsapp desmentindo o que havia dito na entrevista / Foto: Agência Brasil
O diretor-geral da PF chegou a mandar mensagens de Whatsapp desmentindo o que havia dito na entrevista
Foto: Agência Brasil
Estadão Conteúdo

O diretor-geral da PF, Fernando Segóvia só irá responder aos questionamentos do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, na quarta-feira, 14. À agência Reuters, Segovia afirmou que a tendência é que as investigações contra o presidente Michel Temer sobre o Decreto dos Portos sejam arquivadas. O ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso mandou intimar o diretor-geral da PF para esclarecimentos.

"Afirmo que em momento algum disse à imprensa que o inquérito será arquivado. Afirmei inclusive que o inquérito é conduzido pela equipe de policiais do GInqE com toda autonomia e isenção, sem interferência da Direção Geral", afirmou o diretor-geral da PF, por meio de nota.

O chefe da PF disse, em entrevista à agência Reuters, que a tendência é que a PF recomende o arquivamento da investigação em que Temer é suspeito de beneficiar a empresa Rodrimar no decreto de renovação de concessões no Porto de Santos, em São Paulo.



Intimação

Barroso disse que a conduta de Segovia "é manifestamente impróprio e pode, em tese, caracterizar infração administrativa e até mesmo penal". Além disso, o ministro do STF disse que a declaração de Segovia ameaçou o delegado responsável pelas investigações, que deve estar "livre de pressões".

De acordo com o portal de notícia G1, a assessoria do chefe da PF informou que ele está em viagem ao exterior e ainda não recebeu a intimação.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM