Jornal do Commercio
ELEIÇÕES

Meirelles diz que prioridade de seu governo será garantir emprego

O ministro da Fazenda Henrique Meirelles ainda informou que inflação baixa também será uma de suas prioridades, caso seja eleito presidente do Brasil

Publicado em 14/03/2018, às 14h47

Meirelles afirmou que a população espera um novo presidente da República que transforme o Brasil num
Meirelles afirmou que a população espera um novo presidente da República que transforme o Brasil num "País certo"
Foto: Agência Brasil
Estadão Conteúdo

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta quarta-feira (14) em conversa com internautas no Twitter, que sua primeira prioridade, caso seja eleito presidente da República, será garantir emprego aos brasileiros. Outras prioridades, elencou, serão manter a inflação baixa e o "uso competente" dos recursos públicos para garantir melhorias nas áreas de saúde, educação e segurança.

"A primeira prioridade é garantir emprego dos brasileiros. Para isso, é necessário uma economia crescendo, uma política econômica bem sucedida. Em segundo lugar, uma inflação baixa para que o salário não seja corroído ao longo do tempo. Depois, o uso competente dos recurso públicos, garantindo melhor saúde, melhor educação e mais segurança para população. E, finalmente, transporte, infraestrutura, energia mais barata e mais disponível", disse.

Na conversa, Meirelles afirmou que a população espera um novo presidente da República que transforme o Brasil num "País certo", fazendo com que, em primeiro lugar, os brasileiros se orgulhem do País. "E isto está a caminho e vamos chegar lá", disse. Ele disse que o País precisa de governos que tenham comportamento ético, "uma carreira de integridade e que dê confiança aos brasileiros pela competência e honestidade". "Em resumo, o Brasil precisa inspirar orgulho a todos os brasileiros", disse.

Questionado, o ministro também deu sua opinião sobre o que deve ser feito na área da segurança pública. "A primeira coisa é exatamente um reforço do policiamento, melhor equipamento e treinamento dos policiais, o uso de forças federais se necessário. Em resumo, num primeiro momento, é necessário controlar, punir o crime", declarou. Num segundo momento, ele defendeu ser "muito importante" educar os jovens, "propiciar emprego para esses jovens e também esportes, saúde, lazer". "Precisamos dar ocupação e ocupação produtiva a todos, para que não sejam atraídos para atividades criminosas", disse.

Cachorros

Em uma tentativa de humanizar sua imagem como pré-candidato à Presidência da República, Meirelles, aconselhou nesta quarta-feira seus seguidores no Twitter a criarem cachorros. Para ele, os animais trazem uma "presença afetiva" que faz muito bem a todos.



"Tenho cinco cachorros e gosto de todos: a mãe e quatro filhos. A que apareceu no Instagram foi a filha mais velha. E é uma farra. Acho que cachorro é um movimento, uma presença afetiva que faz muito bem a todos. Eu aconselho", disse o ministro em conversa com internautas no Twitter.

Meirelles deu a declaração um dia após postar no Instagram uma foto com uma de suas cachorras. A foto faz parte da estratégia do ministro de ampliar sua presença nas redes sociais, onde costuma alternar fotos de eventos oficiais que participa como ministro e imagens de sua vida particular.

Enquanto não confirma se será candidato à Presidência da República nas eleições deste ano, Meirelles também tem intensificado viagens pelo País, dado entrevistas diárias a rádios do interior. Desde dezembro, Meirelles concedeu 25 entrevistas a emissoras de 12 Estados.

Como mostrou a reportagem do jornal O Estado de S. Paulo publicada na segunda-feira, com menos de 1% nas pesquisas eleitorais, Meirelles passou a dividir a agenda de ministro com a de pré-candidato em busca de popularidade. Desde dezembro, voou 42 vezes com a FAB, em 8 ocasiões para fora do eixo Rio-São Paulo.

Na segunda-feira, ele participou de um evento em Cuiabá (MT) e nesta quarta estará em Criciúma (SC) para um evento na associação empresarial do município. Meirelles também participou de cultos da Assembleia de Deus e da formatura de uma turma de Engenharia da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP).

 


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM