Jornal do Commercio
apoio a lula

Manifestantes pró-Lula ocupam tríplex do Guarujá

Faixa dos manifestantes questiona a propriedade do imóvel: ''Se é do Lula é nosso''

Publicado em 16/04/2018, às 09h25

Com faixas de protesto com os dizeres
Com faixas de protesto com os dizeres "Se é do Lula é nosso", os manifestantes ocupam o imóvel desde as 9h
Foto: Reprodução Facebook/Guilherme Boulos
JC Online com agências

atualizada às 13h17

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores sem Teto e do Povo sem Medo ocuparam na manhã desta segunda-feira (16) o tríplex do Guarujá, que a Justiça imputou ao ex-presidente Lula como pagamento de propina por parte da empreiteira OAS.

O apartamento e suas reformas, supostamente custeadas pela OAS, foram apontadas pelo juiz Sérgio Moro e pelos desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) como propinas de R$ 2,2 milhões da empreiteira ao ex-presidente.

Com faixas de protesto com os dizeres "Se é do Lula é nosso", os manifestantes ocuparam o imóvel desde das 9h às 13h.

Imóvel vai a leilão

O triplex do Guarujá, pivô da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, vai a leilão no dia 15 de maio, às 14h. O imóvel foi avaliado pela Justiça em R$ 2,2 milhões.



"Certifico que após contato com o Leiloeiro, foram fixados os dias 15 de maio de 2018, às 14 horas, para a realização do primeiro leilão/praça; e o dia 22 de maio de 2018, às 14 horas, para a realização do segundo leilão/praça", informa certidão anexada aos autos da Operação Lava Jato.

Lula foi condenado por Moro a 9 anos e seis meses de prisão. No TRF-4, o Tribunal da Lava Jato, o ex-presidente teve sua pena agravada, para 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.


Recomendados para você


Comentários

Por José Carlos,16/04/2018

Assistindo ao programa Estudioi, há instantes, da globonews, o assunto foi apresentado e simplesmente o que foi colocado por um debatedor foi que a faixa trazia um dizer interessante: "se não é do Lulla então porque prendeu?". Mais ou menos isso! Impressionante como num assunto tão sério se comenta apenas isso? Trata-se de invasão! Trata-se de ameaças de um bandido, presidente dessa desorganização, a um Juíz que está fazendo de tudo para por na cadeia essa trupe de marginais! Trata-se de invasão de propriedade! Trata-se de um marginal que quer ser presidente do Brasil! Trata-se de incômodo a um condomínio que tem o seu direito à privacidade! Trata-se de bardeneiros que estão dando exemplo do que essa guangue de terroristas iria fazer em todo território nacional se a ex-presidente, e o condenado ainda estivessem no poder....É BOM JAIR SE ACOSTUMANDO! Aproveitando a oportunidade para dizer que essa pesquisa do LullaFolha apresentada hoje nos noticiários onde NOSSO FUTURO PRESIDENTE(JAIR BOLSONARO) está com apenas 17%, e, Marina próxima, é brincadeira! Bolsonaro está com 47% dos votos em todo País, Regiões e Estados, mesmo eles querendo incluir um bandido condenado. Aliás um bandido condenado, que pelas leis brasileiras está inelegível não pode figurar entre candidatos à presidente, tão pouco, em pesquisas de um instituto que se diz "sério". QUEREMOS VOTOS IMPRESSOS EM TODAS AS URNA JÁ! www.eleicoesnobrasil.com.br.

Por mvm,16/04/2018

Mas eu vou dizer já uma coisa!! num país que tem um caso declarado com a malandragem e a impunidade, só podia acontecer isso mesmo!! Prende essa horda e mete o pau nessa cambada de esquerdopata vigarista e oportunista. Vão ficar com querido de vcs, pois dizem que ele já está sentindo isolamento. É muita cara de pau! Kd a ação da polícia, p/ enquadrar esse monte de vigaristas??

Por Marcos Martins,16/04/2018

ATE' QUANDO O PODER JUDICIARIO E OS GOVERNANTES ( POLITICOS HIPOCRITAS ) VAO PERMITIR QUE ESSE BRAÇO DO * PT * ATUE PROMOVENDO BADERNA DE NORTE A SUL DO PAIS ??? AI'... QUANDO UM GENERAL DO EXERCITO... FAZ QUALQUER PRONUNCIAMENTO EXIGINDO QUE TODOS CUMPRAM A LEI E SEJAM SUBMETIDOS AO RIGOR DA * L E I * ... COMEÇA UMA LADAINHA DOS PARTIDOS COMUNISTAS VERMELHOS (PT, PCdoB, PSOL, PSB...), PORQUE PARA eles A LEI SO' SERVE SE FOR PARA PUNIR SEUS OPOSITORES, E NAO PARA PUNIR OS DELINQUENTES DELES, E PRINCIPALMENTE AS MENTES PENSANTES DELES QUE SAO OS IDEALIZADORES DESSAS INVASOES E BADERNAS !!! A *O R D E M* DEIXOU DE SER PRIORIZADA NO NOSSO PAIS, E VEM REINANDO DESDE 2002 A DESORDEM !!!!!!

Por AURIDES,16/04/2018

RESPOSTA À INDAGAÇÃO DA FAIXA, "SENÃO PORQUE PRENDEU" PRENDEU PORQUE O "TIPREX" É FRUTO DE PROPINA QUE O SALAFRÁRIO RECEBEU, PARA PRIVILEGIAR A CONSTRUTORA EM CONTRATOS MILIONÁRIOS, QUE, SE BENEFICIARAM O LULA LALAU, FU..... O BRASIL E O POVO BRASILEIRO. POR QUE NÃO PODE OCUPAR? PORQUE O "TIPREX" VAI SER LEILOADO, PARA AMENIZAR UMA PEQUENA PARTE DO PREJUÍZO QUE O LULINHA LALAU IMPÔS AO BRASIL E AO POVO BRASILEIRO. PRONTO, RESPONDI. AGORA, É A VEZ DOS BADERNEIROS. RESPONDEREM À PERGUNTA FORMULADA ACIMA PELO ANDERSOM VIEIRA: SE FOI TÃO BOM ASSIM OS TREZE ANOS DO PT, POR QUE ELES CONTINUAM SEM TETO? SERÁ QUE LULALALAU, TAMBÉM ROUBOU O TETO DELES?

Por Fábio,16/04/2018

PRISÃO PERPÉTUA PARA O SALAFÁRIO



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM