Jornal do Commercio
INCONFORMADO

Em artigo no Le Monde, Lula afirma ser vítima de 'farsa judiciária'

O ex-presidente Lula pede eleição "democrática", com "todas as forças políticas"

Publicado em 17/05/2018, às 11h00

A afirmação de  foi publicada nesta quinta-feira (17) pelo jornal francês
A afirmação de foi publicada nesta quinta-feira (17) pelo jornal francês "Le Monde"
Foto: Agência Senado
AFP

O ex-presidente Lula criticou a "farsa judiciária", da qual se diz vítima após ser preso por "corrupção", e exigiu uma eleição presidencial "democrática", com "todas as forças políticas" - incluindo a sua - em um artigo de opinião publicado nesta quinta-feira (17) pelo jornal francês "Le Monde".

"Enquanto presidente, eu defendi, por todos os meios, a luta contra a corrupção e não aceito que me atribuam esse tipo de crime pelo viés de uma farsa judiciária", escreveu Luiz Inácio Lula da Silva, condenado a 12 anos e um mês de prisão por corrupção e detido desde o início de abril, o que o impede de se candidatar à presidência nas eleições de outubro.

Estas eleições "serão democráticas apenas se todas as forças políticas puderem participar delas de forma livre e justa", defende Lula, apresentando sua candidatura como "uma proposta para que o Brasil encontre o caminho da inclusão social, do diálogo democrático, da soberania nacional e do crescimento econômico para a construção de um país mais justo e solidário".

"Eu sou candidato (...) porque sei que eu posso fazer de modo que o país retome o caminho da democracia e do desenvolvimento para nosso povo", garante ele em um longo artigo de opinião, que soa como um discurso de campanha.

"Eu sou candidato para devolver aos pobres e aos excluídos sua dignidade, para garantir seus direitos e lhes dar esperança de uma vida melhor", acrescenta Lula, que destaca o fato de "dominar, com uma forte margem, as pesquisas de intenções de voto no Brasil".



"Ao curso dos oito anos, durante os quais eu governei este país, nós tiramos 36 milhões de pessoas da extrema miséria. Nosso país conheceu um prestígio internacional excepcional", insistiu.

Hoje, "depois do golpe de Estado parlamentar, que abriu caminho para um programa neoliberal", a taxa de desemprego atinge 13,1 %, contra 4,7 % em dezembro de 2014.

"A pobreza aumentou, a fome voltou a cercar, e as portas das universidades voltam a se fechar para os filhos da classe trabalhadora. Os investimentos para pesquisa despencam", e o Brasil "se tornou um pária da política externa".

"Candidato à presidência, eu prometi, eu lutei e eu mantive minha promessa para que todos os brasileiros tivessem o direito a três refeições por dia e não conhecessem a fome que eu conheci quando criança. Não submeti meu país e suas riquezas naturais aos interesses estrangeiros", frisou Lula.


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por Antonio,17/05/2018

luladrao diz que em 2014 era 5% de dezempregado mais lembra a ele que o gonverno do pt foi ate 2016 onde d 13% de dezempregado [ 12,000,000,00] de dezempregado

Por Erandi ,17/05/2018

Verdade Lula, os empresários mais pobres foram os que mais enriqueceram na gestão petista, o povo empresário precisa mesmo de você.

Por Paulo,17/05/2018

lularápio EXIGIU uma eleição ..., só aqui mesmo, um condenado, que ainda tem mais 06 (seis) processos nas costas, quer EXIGIR. O que estranha também é um jornal do porte do Le Monde dar voz a esse famigerado, vá atrás que ou tem dinheiro no meio ou é p/ virar piada.

Por Paulo,17/05/2018

Lula afirma ser vítima de 'farsa judiciária' e pede eleição 'democrática' em jornal francês. Este famigerado, tem os melhores advogados do Brasil e os mesmos se limitam a dizer que não existem provas contra o lularápio, pelo menos prova que não têm provas.

Por Paulo,17/05/2018

O nome disso é PSICOPATIA. Estudo encontra anomalias no cérebro de psicopatas e conclui que eles não entendem punições Pesquisa da Universidade de Montreal foi realizada com o auxílio de ressonâncias magnéticas Ou tem muito psicopata no PT e seus associados ou é vagabundagem mesmo, é o famoso desvio de conduta.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano
Nordeste Renovável Nordeste Renovável
Com a força dos ventos e a incidência solar, o Nordeste desponta como oásis. Não só para o turismo, nem apenas no Litoral. Na geração de energia sustentável está a nova fonte de riqueza da Região, principalmente no interior
Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM