Jornal do Commercio
Suplência

Quem entra e quem sai da Assembleia Legislativa de Pernambuco

Decisão do STF de conceder a vaga de parlamentar licenciado ao suplente da coligação traz quatro novos deputados

Publicado em 27/04/2011, às 20h57

Cláudia Vasconcelos

Com o posicionamento de oito ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) a favor da suplência por coligação no Legislativo, quatro parlamentares deixam a Assembleia Legislativa de Pernambuco, onde ocupavam cadeira por critério de suplência por partido.

Saem Ciro Coelho (PSB), Manoel Ferreira (PR), Oscar Barreto (PT) e Sebastião Rufino (PSB), entram Augusto César (PTB), Bispo Ossésio (PRB), José Humberto (PTB) e José Maurício (PP). Mas Ossésio corre risco de sair, se os votos de Esmeraldo Santos (PR) forem recontados. Isabel Cristina, do PT, permaneceria na casa qualquer que fosse o entendimento da corte.

Os titulares das cinco vagas em questão afastaram-se do cargo para exercerem função de secretários de Estado e da Prefeitura do Recife. No governo de Eduardo Campos (PSB) estão Alberto Feitosa (PR), Isaltino Nascimento (PT), Laura Gomes e Raquel Lyra (ambas do PSB). O petista André Campos foi para a prefeitura.

Na Câmara Federal, o quadro não se altera. Paulo Rubem (PDT) e Vilalba de Jesus (PRB) permanecem nos postos deixados vagos por Danilo Cabral (PSB) e Maurício Rands (PT), que licenciaram-se para assumir as secretarias das Cidades e de Governo do Estado, respectivamente.




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM