Jornal do Commercio
Justiça Eleitoral

TRE determina nova eleição em Primavera

Quatro desembargadores foram contra a posição do relator Roberto Moares e decidiram por suspender a diplomação de Galego do Gás. Presidente da Câmara assumirá a prefeitura

Publicado em 30/01/2013, às 07h20

População estava revoltada com o fato de Galego do Gás assumir o poder e pedia novas eleições / Foto: Clemilson Campos/JC Imagem

População estava revoltada com o fato de Galego do Gás assumir o poder e pedia novas eleições

Foto: Clemilson Campos/JC Imagem

Otávio Batista

O Tribunal Regional Eleitoral decidiu nessa terça-feira (29) realizar uma nova eleição em Primavera, em mais um capítulo da verdadeira novela que virou a vida política do município da Mata Sul. Muito comemorada pelos 15 simpatizantes do grupo do candidato Rômulo César (PRTB) – mais conhecido na cidade por Pão com Ovo - presentes, a decisão veio de um recurso por parte do grupo do candidato tentando barrar a diplomação do segundo colocado – o ex-prefeito Jadeíldo Gouveia (PR), Galego do Gás – e pedindo a eleição suplementar. Pão Com Ovo saiu vitorioso das urnas nas eleições municipais, mas teve seu registro de candidatura cassado em última instância, enquadrado na Lei da Ficha Limpa. A nova eleição ainda não tem data definida.

O desembargador eleitoral Roberto Moraes, relator do processo, votou pela diplomação de Galego do Gás e a não realização de novo pleito no município, baseado em decisão similar do próprio TRE relativa ao município de Água Preta, que considerava que os votos brancos e nulos deveriam ser levados em consideração no computo dos votos válidos. Entretanto, o entendimento do magistrado foi rejeitado por quatro colegas, alegando diferenças entre os dois casos. O presidente da Câmara de Vereadores, Edmilton da Silva (PSC), conhecido como Mima da Banca, assume a prefeitura até a concretização da nova eleição.

“Foi feita a Justiça. O TRE está de parabéns pois cumpriu a lei e Primavera não continuará nas mãos daquele que abandonou a cidade às moscas”, disparou a candidata a vice-prefeita pela chapa de Pão Com Ovo, Tânia Maria (PSC), após a decisão e entre ligações e abraços nos correligionários presentes, aos gritos de “vencemos!”. De acordo com Tânia Maria, Pão com Ovo lançará sua mãe como candidata a prefeita, sob o apelido de “Naza Pão com Ovo”. Tânia segue na vice. “Nós ganhamos dele lisos, com ele no poder e vamos ganhar de novo agora”, provocou.

Cabe recurso da decisão no próprio TRE e ainda no TSE. De acordo com o jurídico de Jadeíldo Gouveia, eles entrarão com um embargo de declaração no TRE, hoje, pedindo explicação sobre os votos contrários à relatoria do processo. Caso os embargos não sejam aceitos, o caso segue para o TSE. “Precisamos esclarecer os motivos que diferenciam os votos desse caso e dos de Água Preta”, argumentou Antônio Campos, advogado de Jadeíldo Gouveia.




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Expedição Antártida Expedição Antártida
A editora Mona Lisa Dourado e o repórter fotográfico Igo Bione acompanham parte das atividades da 32ª Operação Antártica, a convite da Marinha do Brasil
100 anos da Medicina 100 anos da Medicina
Especial 100 anos da Medicina aborda o surgimento das escolas médicas em Pernambuco
Novos mercados Novos mercados
Novas exigências do mercado de trabalho sob o impacto das tecnologias da informação

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2016 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM