Jornal do Commercio
Justiça Eleitoral

TRE determina nova eleição em Primavera

Quatro desembargadores foram contra a posição do relator Roberto Moares e decidiram por suspender a diplomação de Galego do Gás. Presidente da Câmara assumirá a prefeitura

Publicado em 30/01/2013, às 07h20

População estava revoltada com o fato de Galego do Gás assumir o poder e pedia novas eleições / Foto: Clemilson Campos/JC Imagem

População estava revoltada com o fato de Galego do Gás assumir o poder e pedia novas eleições

Foto: Clemilson Campos/JC Imagem

Otávio Batista

O Tribunal Regional Eleitoral decidiu nessa terça-feira (29) realizar uma nova eleição em Primavera, em mais um capítulo da verdadeira novela que virou a vida política do município da Mata Sul. Muito comemorada pelos 15 simpatizantes do grupo do candidato Rômulo César (PRTB) – mais conhecido na cidade por Pão com Ovo - presentes, a decisão veio de um recurso por parte do grupo do candidato tentando barrar a diplomação do segundo colocado – o ex-prefeito Jadeíldo Gouveia (PR), Galego do Gás – e pedindo a eleição suplementar. Pão Com Ovo saiu vitorioso das urnas nas eleições municipais, mas teve seu registro de candidatura cassado em última instância, enquadrado na Lei da Ficha Limpa. A nova eleição ainda não tem data definida.

O desembargador eleitoral Roberto Moraes, relator do processo, votou pela diplomação de Galego do Gás e a não realização de novo pleito no município, baseado em decisão similar do próprio TRE relativa ao município de Água Preta, que considerava que os votos brancos e nulos deveriam ser levados em consideração no computo dos votos válidos. Entretanto, o entendimento do magistrado foi rejeitado por quatro colegas, alegando diferenças entre os dois casos. O presidente da Câmara de Vereadores, Edmilton da Silva (PSC), conhecido como Mima da Banca, assume a prefeitura até a concretização da nova eleição.

“Foi feita a Justiça. O TRE está de parabéns pois cumpriu a lei e Primavera não continuará nas mãos daquele que abandonou a cidade às moscas”, disparou a candidata a vice-prefeita pela chapa de Pão Com Ovo, Tânia Maria (PSC), após a decisão e entre ligações e abraços nos correligionários presentes, aos gritos de “vencemos!”. De acordo com Tânia Maria, Pão com Ovo lançará sua mãe como candidata a prefeita, sob o apelido de “Naza Pão com Ovo”. Tânia segue na vice. “Nós ganhamos dele lisos, com ele no poder e vamos ganhar de novo agora”, provocou.

Cabe recurso da decisão no próprio TRE e ainda no TSE. De acordo com o jurídico de Jadeíldo Gouveia, eles entrarão com um embargo de declaração no TRE, hoje, pedindo explicação sobre os votos contrários à relatoria do processo. Caso os embargos não sejam aceitos, o caso segue para o TSE. “Precisamos esclarecer os motivos que diferenciam os votos desse caso e dos de Água Preta”, argumentou Antônio Campos, advogado de Jadeíldo Gouveia.




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Fascinante África do Sul Fascinante África do Sul
Reportagem especial aborda os atrativos turísticos da África do Sul e as relações econômicas do país com o Brasil
Dossiê das torcidas organizadas Dossiê das torcidas organizadas
Série de reportagens mostra a atuação das torcidas organizadas em Pernambuco a partir de 2001, ano da primeira morte em consequência dos confrontos
Fora dos trilhos Fora dos trilhos
Dez anos depois do início das obras da Transnordestina, o pouco que foi construído está abandonado. Era 'o sonho' de uma ligação férrea entre o litoral e o interior do Nordeste

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2016 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM