Jornal do Commercio
Política Política

Justiça Eleitoral

TRE prepara Recife para voto biométrico

Recifenses terão até março de 2014 para fazer o recadastramento eleitoral, com a coleta de impressão digital. No Estado, 53 municípios terão voto biométrico

Publicado em 31/01/2013, às 07h18

Otávio Batista

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) começou nessa quarta-feira o recadastramento biométrico para os mais de 1,2 milhão de eleitores do Recife. Até março do ano que vem, todos os eleitores devem procurar os postos de atendimento da Justiça Eleitoral para o recadastramento com recolhimento das impressões digitais e fotografia, sob o risco de não poder votar nas eleições 2014, ter o título eleitoral cancelado e correr todos os ônus de não estar quite com a Justiça Eleitoral, como não poder prestar concurso público ou mesmo pegar financiamento com bancos públicos.

No Recife, o TRE já preparou três pontos de atendimento – na Central de Atendimento ao Eleitor do Forte das Cinco Pontas e nos cartórios eleitorais de Areias e do Arruda – e ainda pretende expandir o atendimento para mais sete pontos da cidade. O eleitor deve comparecer com documento de identidade com foto, comprovante de residência e o título de eleitor antigo, se houver, para poder efetuar o recadastramento. É possível agendar a visita com dia e hora marcada no site do tribunal (www.tre-pe.jus.br).

Apesar de inaugurar o serviço oficialmente nessa quinta, o cadastramento já vinha sendo realizado desde novembro do ano passado, em período experimental, apenas com eleitores que realizavam o agendamento online. “O serviço foi super rápido, em menos de 10 minutos resolvi tudo. Vou agendar para trazer minha mãe e meu marido aqui”, contou a psicóloga Ingrid Martins, que esteve no Forte das Cinco Pontas. “Recebi um e-mail informando do recadastramento e vim logo fazer para evitar as filas de última hora”, pontuou o aposentado Luciano Maciel, após ser atendido.

A Central de Atendimento ao Eleitor está com capacidade para fazer de 400 a 500 atendimentos por dia, mas o número deve ser ampliado. “Para conseguirmos atender toda a demanda vamos precisar ampliar para quatro mil atendimentos por dia em todo o Recife”, disse Raquel Salazar, coordenadora da Biometria no TRE. O custo de todo o processo de recadastramento no Recife será de R$ 180 mil, porém o serviço é completamente gratuito para o eleitor.

A votação por leitura biométrica já aconteceu nas eleições 2012 em 12 municípios e vai ser estendida para pelo menos 53 em 2014. “Serão 2,5 milhões de eleitores recadastrados para 2014. Esperamos fazer o cadastramento biométrico de todos os eleitores do Estado até as eleições de 2018”, previu o presidente do TRE, Ricardo Paes Barreto. Ainda esta semana o TRE inicia o recadastramento em Ipojuca, Barreiros e Escada. Em vários municípios onde houve o recadastramento observou-se a diminuição no número final de eleitores, fato que deve se repetir no Recife.


Comentar


nome e-mail
comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

Fotos do dia

Direto da Manguetown, foliões celebram o legado de Chico Science
Foto: Guga Matos/JC Imagem

> JC Imagem

Direto da Manguetown, foliões celebram o legado de Chico Science Ninguém perde a oportunidade de fazer uma selfie com o Galo gigante, que tem 27 metros de alturaQuem não carnavaliza se trumbica. É o recado do folião fantasiado de ChacrinhaO prefeito do Recife, Geraldo Julio, posa ao lado de folião que homenageia Arraes e Eduardo CamposO governador, Paulo Câmara, e Ana Luiza, com o presidente do Galo, Rômulo Menezes, e Ana Nery

Ranking do dia

OFERTAS

Especiais JC

100 anos da Medicina 100 anos da Medicina
Especial 100 anos da Medicina aborda o surgimento das escolas médicas em Pernambuco
Novos mercados Novos mercados
Novas exigências do mercado de trabalho sob o impacto das tecnologias da informação
Facebook Twitter RSS Youtube
Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM