Jornal do Commercio
SAÚDE

Bruno Maranhão está com falência múltipla dos órgãos

De acordo com a equipe médica que acompanha o ex-membro do PT, a situação de Maranhão é "irreversível"

Publicado em 23/01/2014, às 18h41

Beatriz Albuquerque

O quadro de insuficiência hepática do militante de esquerda Bruno Maranhão se agravou na tarde desta quinta-feira (23), causando falência múltipla dos órgãos. De acordo com a neurologista Silvana Rodrigues a situação é “irreversível”. Maranhão deu entrada no Hospital Memorial São José há duas semanas para exames periódicos, mas precisou ser entubado e sedado.

“Não há mais possibilidade de reversibilidade do quadro de hoje. Então, o que a gente tem feito é dar conforto. Ele está no respirador, sedado para não sentir dor e vamos fazendo o tratamento de acordo com as alterações que aparecem”, explicou a médica Silvana Rodrigues. A falência foi decretada no fígado, rins e pulmão.

A saúde do militante vem delicada desde julho de 2011, quando ele foi submetido a duas cirurgias para conter a lesão de uma isquemia e uma trombose cerebral, tendo afetado o lado direito do cérebro. Maranhão, à época, ficou internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) durante 3 meses. As sequelas afetaram os movimentos do lado direito do corpo e a sua articulação.

Ex-exilado político, Bruno Maranhão – além de ter sido membro da Executiva nacional do PT – é um dos líderes do Movimento de Libertação dos Sem Terra, organização nascida de uma dissidência no Movimento dos Sem-Terra (MST). Ele é constantemente lembrado pela invasão que o Movimento promoveu em junho de 2006 nas dependências do Congresso Nacional. Líder, ele chegou a ficar preso por 39 dias no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília.




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM