Jornal do Commercio
História

Governador institui colegiado para organizar comemorações do bicentenário da Revolução de 1817

Celebração será marcada por série de eventos em Pernambuco

Publicado em 10/03/2015, às 14h58

Paulo diz que comemorações do bicentenário de 1817 são importantes para a história do Brasil e de Pernambuco / Roberto Pereira/Divulgação Governo do Estado

Paulo diz que comemorações do bicentenário de 1817 são importantes para a história do Brasil e de Pernambuco

Roberto Pereira/Divulgação Governo do Estado

Do JC Online

A Revolução de 1817, cujo bicentenário será comemorado daqui a dois anos, foi o destaque de um evento realizado nesta terça-feira (10) no Palácio do Campo das Princesas. Por meio de um decreto, o governador Paulo Câmara (PSB) instituiu uma comissão para coordenar os trabalhos de celebração dos 200 anos do movimento pernambucano que prenunciou a Independência do Brasil.

O colegiado planejará uma série de eventos até 6 de março de 2017, quando serão comemorados os 200 anos da Data Magna. Entre as ações: atos comemorativos, publicações e exposições.  "As comemorações do bicentenário de 1817 darão aos pernambucanos e aos brasileiros a oportunidade de aprofundar reflexões sobre o valor do idealismo, dos direitos humanos, das conquistas democráticas e da afirmação da soberania nacional", discursou Paulo Câmara.

A Comissão Organizadora do Bicentenário da Revolução de 1817 é formada por representantes das secretarias estaduais da Casa Civil (que coordenará o grupo), Cultura e Educação; Prefeitura do Recife; Assembleia Legislativa; Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano (IAHGP); Academia Pernambucana de Letras (APL); Ministério da Cultura (Minc) e Comitê Pernambuco 2017. Cada órgão indicou dois membros.      

José Luiz Mota de Menezes, presidente do IAHGP, falou em nome dos demais membros da comissão. "A data de 6 de Março constrói a história de Pernambuco", disse.         

HISTÓRIA

O movimento de libertação contra a opressão da Corte Portuguesa foi liderado por Domingos José Martins, com o apoio de Antônio Carlos de Andrada e Silva e do Frei Caneca. Os revolucionários, inspirados pelas ideias iluministas, instalaram um governo provisório que tinha como propostas a proclamação da República, a extinção de impostos abusivos e a elaboração de uma Constituição que garantisse os direitos dos cidadãos, a exemplo da igualdade de todos perante a lei, a liberdade religiosa e de imprensa.

A revolução conseguiu reunir representantes dos mais diversos segmentos da sociedade, como religiosos, militares e intelectuais, que, juntos, desejavam a emancipação política e a implantação de um governo republicano.        

Dois meses após seu estopim, o movimento foi sufocado pelas tropas da Coroa Portuguesa, que cercaram a cidade do Recife por terra e mar, culminando na prisão e morte de seus líderes. Mesmo derrotada, a revolução perpetuou ideias e colaborou com a Independência do Brasil, proclamada apenas cinco anos depois do levante pernambucano. Em 1917, no centenário da Data Magna, foi feriado nacional.   




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM