Jornal do Commercio
mesmo no recesso

Alepe vai fiscalizar hospitais no combate à microcefalia

Assembleia Legislativa criou uma comissão especial para acompanhar as ações de combate à doença e ao mosquito aedes aegypti

Publicado em 16/12/2015, às 07h00

Para Socorro Pimentel (PSL), que presidirá comissão, surto de microcefalia terá efeitos de longo prazo em Pernambuco / Foto: Roberto Soares/Alepe

Para Socorro Pimentel (PSL), que presidirá comissão, surto de microcefalia terá efeitos de longo prazo em Pernambuco

Foto: Roberto Soares/Alepe

Paulo Veras

Deputados estaduais prometem aproveitar o recesso parlamentar para vistoriar hospitais e fiscalizar de perto as ações de combate à microcefalia em Pernambuco. Uma comissão especial para acompanhar a doença foi criada nessa segunda-feira (15) pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) e começará a trabalhar na próxima semana. As primeiras visitas serão às UPAs e aos centros de referência para acompanhar os casos de microcefalia: os hospitais Osvaldo Cruz, Barão de Lucena, Imip. Os deputados querem conhecer o diagnóstico e o tratamento dos casos e verificar eventuais deficiências no enfrentamento à doença.

Mais de 900 casos suspeitos de microcefalia já foram notificados em Pernambuco em 2015; número muito superior aos 12 casos do ano passado. O surto está relacionado ao zika vírus, uma das doenças transmitidas pelo mosquito aedes aegypti, como a dengue e a chikungunya. “Queremos ver in loco as ações de combate ao vetor. São os larvicidas, as vacinas que vão ser instituídas no Estado e como está a questão dos repelentes para grávidas. Se a gente não fizer esse combate de forma contundente, não vamos acabar com essas doenças”, adiantou Socorro Pimentel (PSL), que presidirá a comissão.

Outra preocupação é com a população quedo interior, mais distante dos hospitais de referência. Para a deputada, o surto terá repercussões de longo prazo, inclusive para o planejamento financeiro do Estado na área de saúde.

A comissão será compostas pelos médicos Clodoaldo Magalhães (PSB), Simone Santa (PSB), Dr. Valdi (PP) e Odacy Amorim (PT), presidente da Comissão de Saúde. Ela terá 90 dias para concluir os trabalhos.

RECIFE - O combate à microcefalia também será debatido na Câmara do Recife, que realiza uma audiência pública na próxima sexta-feira (18), às 9h, com infectologistas e representantes do Ministério da Saúde, do Estado e da prefeitura da capital. “Os cérebros das crianças com microcefalia apresentam calcificações e as mães estão desesperadas. Como médica, estou assustada com a qualidade de vida dos pacientes”, afirmou Vera Lopes (PPS), que convocou o encontro.




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM