Jornal do Commercio
LEGISLATIVO

Vereador menos votado no Recife fez reduto num posto de saúde

Técnico em enfermagem, Benjamim da Saúde (PEN) foi eleito com 3.772 votos e teve 70% dos votos na 2ª Zona Eleitoral

Publicado em 08/01/2017, às 07h11

Benjamim da Saúde foi o vereador eleito do Recife com menos votos  / Foto: Divulgação/Facebook
Benjamim da Saúde foi o vereador eleito do Recife com menos votos
Foto: Divulgação/Facebook
Marcela Balbino

Último a entrar na nova legislatura, o vereador Benjamim da Saúde (PEN) ensaiou os primeiros passos na política partidária há cinco anos e se elegeu com o lastro proporcionado pela profissão. Técnico de enfermagem, ele trabalhou por 9 anos em um Posto de Saúde da Família (PSF). Foi lá onde fez seu reduto eleitoral. O êxito, diz ele, é resultado do trabalho de mobilização na comunidade onde atuou, no Ibura de Baixo, e acrescenta que não teve ajuda de padrinhos políticos para se eleger.

Envolvido em movimentos estudantis e, posteriormente, na luta sindical, o novo legislador, que obteve 3.772 votos, coloca como bandeiras a luta pelas comunidades e pelo servidor público. Mas no discurso, o vereador já demonstra que não deve rivalizar com o Executivo.

“Não vou ser oposição, vou fazer meus projetos para, junto à prefeitura, melhorar a vida do servidor”, afirmou. O PEN é da base do prefeito Geraldo Julio (PSB). No primeiro embate nas urnas, o servidor público amealhou 2.110 votos e ficou na quinta suplência. Desta vez, houve crescimento de 55,9%. Ainda assim, Benjamim teve quase 500 votos a menos na comparação com o penúltimo colocado, o vereador Renato Antunes (PSC).

Formado em história, ele chegou a lecionar, mas diz que se encontrou profissionalmente na saúde. “Trabalho em comunidade e sinto de perto o sofrimento do povo. Sempre apareciam candidatos na localidade pedindo votos, então começaram me estimular a fazer algo por ali”, diz ele, justificando a entrada na disputa.

Das 14 Zonas Eleitorais do Recife, Benjamim foi o mais votado na 3ª, que engloba bairros como Ibura de Baixo, Jordão Baixo, Areias, Barro. Com exceção da 148ª, onde obteve 465 votos, nas demais ele não alcançou os 200 eleitores.

Morador do bairro do Afogados, ele fez da Vila do Sesi, localizada no Ibura de Baixo, sua base eleitoral, onde obteve 2.565 votos (68% do total). Questionado sobre ajuda de padrinhos políticos, Benjamim frisou que não houve essa figura na sua candidatura e que os gastos da campanha foram essencialmente com material de divulgação. “Foi o povo que me ajudou no boca a boca na rua”, pontuou. De acordo com dados do TRE, a arrecadação de campanha do vereador foi de R$ 12,3 mil e os gastos somaram R$ 8,3 mil. 

Recomendados para você


Comentários

Por manoel pedro,08/01/2017

A vitória de Benjamin é também do bairro do Ibura de baixo e vila do Sesi, que durante muito só passam forasteiro em busca de votos e não fazem nada em pró a comunidade, torcemos muito por Benjamin, sabemos que não será fácil,e pedimos a comunidade que cobrem ações de cunho coletivo e não se iludam achando que vai acontecer uma mágica e tudo vai mudar da água para o vinho, mas se população for juntos será bem mais fácil encontrar as vitórias, um recado a Benjamin, busquem servir a população, oposição ou situação são consequência do momento, essa decisão só servem se vim a trazer beneficio ao população mais necessitada.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM