Jornal do Commercio
Revolução de 1817

Bicentenário da Revolução Pernambucana é celebrado pelo Governo

Solenidade foi recebida pelo governador Paulo Câmara, pelo vice Raul Henry e pelo presidente da Alepe Guilherme Uchoa

Publicado em 06/03/2017, às 09h33

Na solenidade, o governador ofereceu flores aos mártires da revolução / Bobby Fabisak/JC Imagem
Na solenidade, o governador ofereceu flores aos mártires da revolução
Bobby Fabisak/JC Imagem
JC Online

O Palácio do Campo das Princesas celebrou, na manhã desta segunda-feira (6), uma cerimônia em comemoração ao bicentenário da Revolução Pernambucana de 1817, mas conhecida como a Data Magna de Pernambuco. Na ocasião, ex-governadores de Pernambuco foram homenageados pelo atual governado do estado, Paulo Câmara (PSB).  

Num primeiro momento das solenidades, o governado Paulo Câmara, em conjunto com o vice governador Raul Henry (PMDB) e como presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o deputado  Guilherme Uchôa (PDT), realizaram o hasteamento das bandeiras do Brasil, da insígnia do governador, e de Pernambuco, respectivamente. O hasteamento foi seguido do desfile cívico-militar. 

A isso, seguiu-se a colocação de uma coroa de flores na escultura da Revolução de 1817, de Abelardo da Hora, além da chamada solene do nome dos revolucionários seguido por um minuto de silêncio em homenagens aos mártires de 1817. 

Já dentro do Palácio, Paulo Câmara, acompanhado do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), fez o descerramento da placa no hall do Palácio. 

Além de homenagear alguns nomes da Revolução de 1817, o governador ainda realizou a entrega de medalhas comemorativas do Bicentenário a entidades e aos ex-governadores de Pernambuco: João Lyra (PSDB), Jarbas Vasconcelos (PMDB), Joaquim Francisco (PSDB), Gustavo Krause (DEM) e Roberto Magalhães (DEM).

Em discurso, Paulo Câmara afirmou que independente de filiações partidárias e ideologias, a medalha homenageava aqueles que contribuíram e contribuem para a preservação da memória de Pernambuco. “Independente de suas filiações partidárias e convicções ideológicas, foram homenageados instituições e lideranças que contribuíram e contribuem para a preservação da memória pernambucana”, disse. 

O governador ainda completou, afirmando que o compromisso do Governo de Pernambuco é lutar pela justiça e liberdade. “Passados 200 anos, continuamos a nos empenhar pela unidade de todos de boa vontade comprometidos com o futuro de Pernambuco e do Brasil. Passado todo esse tempo, lutar por justiça e liberdade continua ser o nosso maior compromisso”, falou.

Confira o discurso de Paulo Câmara na integra: 

Reportagem especial

Para celebrar o bicentenário desta data importante para história do Estado, o JC Online fez um resgate histórico da Revolução Pernambucana e o portal NE10 realizou uma matéria que conta em ilustrações como se deu a Revolução.

Na solenidade, uma placa comemorativa que celebra o fato histórico também foi colocada no Palácio.

Recomendados para você


Comentários

Por Giovanne Alves,06/03/2017

Estranho ver Guilherme Uchôa, o maior representante da política patriarcal e anti-republicana, em um ato de homenagem à Revolução de 1817.

Por EDJAILSON XAVIER CORREIA,06/03/2017

Esqueceram de colocar uma Coroa de Flores nas confluências da Av Sul com Rua Imperial onde foi morto Frei Caneca, Herói da Revolução Pernambucana de 1817. Deixaram também de Homenagear os Heróis da Restauração Pernambucana na Praça da Restauração Pernambucana , nas confluências das Ruas do Jardim, Padre Floriano e Passo da Pátria, todas essas ruas, no Bairro de São José, no Verdadeiro Monumento, Obelisco em forma de Picolé, onde havia uma placa da efeméride da assinatura da Rendição das Tropas Holandesas e Proclamada a Restauração Pernambucana, infelizmente, Monumento esse, desprezado, sujo em todo entorno, pois não faz parte da História dos aculturados que se acham donos de Pernambuco !! Aproveito para informar que o Prefeito da epoca Gustavo Krause junto com o saudoso Enéas Alvarez, quando Presidente da Fundação de Cultura do Recife, em uma das Pontas do Forte de Cinco Pontas, assinalou naquele local Sagrado da Pátria Brasileira em Homenagem a toda História do Brasil que se passou naquelas cercanias do Bairro de São José, colocou um Mastro com uma Bandeira do Recife, e, colocou uma placa dizendo assim ..."BANDEIRA DO RECIFE, SEMPRE PARA O ALTO..! " . Nosso Recife é única Cidade Invicta em Conflitos do Mundo, dessas Lutas Libertárias vieram todas as Revoluções que consolidaram Pernambuco como Berço da Nacionalidade Brasileira. E Gustavo krause trouxe para as ruas do Recife o Auto de Frei Caneca, e, quando no Julgamento das Cortes Portuguesas perguntaram quem era o Frei Caneca, ele altivo e orgulhoso respondeu..."....Meu nome é Frei Joaquim do Amor Divino Caneca, nascí no Recife, sou de Pernambuco, sou da terra dos Heróis de Guararapes que fizeram tremer toda Europa...!!! VIVA FREI CANECA, VIVA NOSSOS HERÓIS DE 1817 !!! VIVA PERNAMBUCO !!!!!!!

Por Anderson ,06/03/2017

hum sei... agora Sr. Paulo Câmara o povo quer saber quem deu a ordem de aprender as fantasias da troça empatando a tua vista isso o Sr não diz né agora pra aparecer é rapinho.

Por ronaldo,06/03/2017

OS TRÊS "PATETAS"!!!!!!



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM