Jornal do Commercio
Pernambuco em Ação

No Sertão, Paulo Câmara recebe cobranças na área de Segurança

Governador escutou pedido para criação de um Batalhão de Polícia no entorno de Floresta e Petrolândia

Publicado em 25/03/2017, às 08h10

Paulo Câmara escutou elogios, mas também cobranças de políticos do Sertão do Itaparica / Aluisio Moreira/SEI
Paulo Câmara escutou elogios, mas também cobranças de políticos do Sertão do Itaparica
Aluisio Moreira/SEI
Franco Benites

Houve uma grande "levantada de bola" do governador Paulo Câmara (PSB) no Pernambuco em Ação dessa sexta-feira, mas ele também se deparou com cobranças. Os prefeitos de Petrolândia, Ricardo Rodolfo (PR), e de Floresta, Ricardo Ferraz (PRP), e o deputado estadual Rodrigo Novaes (PSD) não deixaram a oportunidade de fazer pedidos ao socialista diante do seu eleitorado.

"A segurança realmente precisa melhorar. A gente precisa avançar. No que diz respeito ao Sertão de Itaparica, é preciso que a gente crie um batalhão de polícia. A gente hoje tem duas companhias de polícia, de Petrolândia e de Belém do São Francisco. Itaparica é a única microrregião do Estado que não possui batalhão. Isso é urgente", informou Rodrigo  Novaes.

Governador faz prestação de contas com cara de campanha eleitoral

Paulo Câmara presta contas dizendo que fez muito em 2 anos de gestão

Em Floresta, o prefeito da cidade pediu desculpas por não ter ido ao evento de Petrolândia, fez elogios e agradecimentos ao governador e em seguida cobrou mais ações na área de Saúde e Segurança.

"Floresta pede ambulâncias. Sou conhecedor do esforço do governo do estado, mas há a violência e a insegurança e precisa-se de um reforço não só de efetivo como também de inteligência, veículos e tecnologia", pediu, reforçando que os moradores da cidade e de municípios vizinhos querem andar com mais segurança nas estradas que cortam a região.

O prefeito de Petrolândia disse que queria "fazer alguns pedidos" e listou cobranças nas áreas de Mobilidade e Agricultura.

"Precisamos asfaltar o nosso perímetro irrigado. Com ele, os caminhões transitam bem e se escoa os produtos com facilidade. Petrolândia pede isso. Pedimos também que financiamento para que tenhamos um abatedouro de pescado", discursou.



Os elogios e críticas foram feitos também pelo deputado federal Kaio Maniçoba (PMDB), que tem base parlamentar no Sertão do Itaparica. Filho da ex-prefeita de Floresta, Rorró Maniçoba (PSB), ele falou em projetos nas áreas de Educação e Saúde, destacando ações anteriormente citadas por Rodrigo Novaes.

O peemedebista pediu uma Escola Técnica, uma Unidade de Pronto-atendimento Especializado (UPAE) e um centro de hemodiálise. "Temos lutas que precisam de sua ajuda governador", afirmou.

SANEAMENTO

Durante o Todos por Pernambuco, Josenildo Antônio da Silva, integrante da Associação de Moradores do Bairro de Nova Esperança, fez um apelo ao governador. "Vim agradecer pelo abastecimento d´água, mas pedir uma atenção para o saneamento básico para a nossa comunidade, que tem quatro mil pessoas", declarou.

Rodrigo Novaes também pediu para que o governador faça uma intervenção em relação à Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

"Ao longo do tempo, a Codevasf ficou parecendo que é patrimônio exclusivo de Petrolina. É preciso que ela possa enxergar o Sertão de Itaparica", disse.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM