Jornal do Commercio
Segurança

Paulo Câmara convoca 1.322 aprovados no concurso da PM

A convocação foi publicada no Diario Oficial do Estado desta terça-feira

Publicado em 18/04/2017, às 14h20

Paulo Câmara convoca mais policiais militares / Wagner Ramos/SEI
Paulo Câmara convoca mais policiais militares
Wagner Ramos/SEI
Da editoria de Política

O governador Paulo Câmara (PSB) determinou a convocação imediata de 1.322 candidatos aprovados no concurso público para soldados da Polícia Militar de Pernambuco (PM). Os convocados deverão fazer a matrícula no Curso de Formação e Habilitação de Praças da PM.

Participam dessa etapa os candidatos aprovados no exame de habilidades e conhecimentos, de aptidão física, avaliação psicológica e julgados aptos nos exames médicos.

Você viu? Paulo Câmara aposta em emojis para falar de segurança pública

O chamamento foi publicado nesta terça-feira (18) no Diário Oficial do Estado pela portaria conjunta assinada pelos secretários Milton Coelho (Administração) e Ângelo Gioia (Defesa Social). A medida também teve destaque na página do governador Paulo Câmara no Facebook (veja abaixo).

LISTA DOS CONVOCADOS AQUI

Cada candidato deverá apresentar, no período de 02 de maio a 02 de junho de 2017, a documentação prevista no edital e protocolá-la no Campus de Ensino Mata, localizado na BR 408, Km 76,5, na cidade de Paudalho, das 08 às 12 horas.

O material entregue pelos candidatos será analisado para confirmação das matrículas e início do curso de formação.

Após a conclusão do curso na Academia de Paudalho, os novos praças entrarão em serviço até dezembro deste ano.



A convocação feita pelo governador Paulo Câmara ocorreu um dia após ele reconhecer que os números da Segurança Pública em Pernambuco estão "muito ruins". Na semana passada, o socialista anunciou um investimento de R$ 290,8 milhões para a área.

Uma pesquisa feita pelo Instituto de Pesquisa Uninassau, em parceria com o Jornal do Commercio e o portal Leia Já, indicou que a Segurança Pública é a maior preocupação dos pernambucanos.

Ciente da importância desse tema e dos problemas do governo com a Segurança Pública, a oposição ao governo Paulo Câmara tem tentado apontar as fragilidades da gestão socialista nesta área.

Na edição dessa segunda-feira, o Jornal do Commercio mostrou que Pernambuco teve em março uma média de cerca de 18 assassinatos por dia. Na edição desta terça-feira, o JC apontou que a maior parte das mortes violentas ocorre por encomenda.

Também nesta terça-feira, em entrevista à TV JC, o secretário de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni, que é o presidente do Comitê Gestor do Pacto pela Vida, afirmou que a meta do governo estadual é ter ao menos um delegado em cada uma das 184 cidades pernambucanas.

CONVOCADOS

A lista completa dos convocados pode ser conferida aqui.

LEIA MAIS:

Segurança Pública motiva embates entre governo e oposição no Estado

Governador reconhece números da violência como muito ruins

Oposição diz que Paulo Câmara fracassa no combate à violência

Pernambuco bate mais um recorde de violência e registra, em média, 18 assassinatos por dia em março

Paulo Câmara anuncia R$ 290,8 milhões na área de segurança em Pernambuco

Segurança e desemprego são maiores preocupações do pernambucano

Polícia prendeu 528 pessoas por homicídio no 1º trimestre de 2017, diz secretário

Morre no Miguel Arraes jovem baleado pela PM em protesto em Itambé

Blog Ronda JC: Quase 500 estupros registrados em apenas três meses em Pernambuco

Blog Ronda JC: Policiamento terá hora para acabar nas festas de São João em Pernambuco

Mortes por encomenda são maioria em Pernambuco


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por Santos,10/05/2017

alguém sabe dizer em termos jurídicos se é possível uma terceira chamada para PM PE? ²

Por jurandir,26/04/2017

alguém sabe dizer em termos jurídicos se é possível uma terceira chamada para PM PE?

Por ED1960,19/04/2017

Governador incompetente,desqualificado.não é a primeira vez.que o governo deste nefasto faz está medida colocar mais policiais nas ruas não vai resolver o problema da segurança pública em Pernambuco.tem que melhorar a infraestrutura da instituição.qualificar os profissionais,colocar mais câmera de segurança.na verdade o que esse Governador quer é: garantir votos para as eleições de 2018

Por uziel,19/04/2017

não adianta colocar um milhão de pm's nas ruas, sem estrutura, mal remunerados e a polícia de investigação sucateada (civil e cientifica) e com concurso parado por culpa do governo.

Por jorge marcos,18/04/2017

Apesar de apoiar o governador Paulo Camara, discordo dessa medida, não em tese, acredito que o governo deveria trabalhar as questões pendentes com os quadros atual da área de segurança, melhorar a questão salarial e de jornada de trabalho, na polícia militar e corpo de bombeiros militar, reavaliar a questão das promoções (por tempo, merecimento e outros méritos) trabalhar a infra estrutura das delegacias de polícia civil e rever os planos de carreira e estatutos como um todo, enfim, trabalhar a polícia como serviço de segurança, ostentar o policial sem contudo esquecer dos demais servidores públicos, e aos poucos ir integrando aos quadros, os concursados classificados recentemente, de qualquer sorte,sejam bem vindos os novos servidores público da policia militar de Pernambuco.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM