Jornal do Commercio
Eleições 2017

Prefeito de Abreu e Lima nega compra de votos

Nota em defesa do pastor Marcos José (PSB) refuta acusações de Katiana Gadelha (PDT), que pede a cassação dele e do vice-prefeito

Publicado em 21/04/2017, às 11h47

Pastor Marcos, do PSB, reeleito prefeito de Abreu e Lima, refuta acusações de concorrente que tenta cassá-lo / Reprodução/Justiça Eleitoral
Pastor Marcos, do PSB, reeleito prefeito de Abreu e Lima, refuta acusações de concorrente que tenta cassá-lo
Reprodução/Justiça Eleitoral
Editoria de Política

O secretário de Justiça de Abreu e Lima, no Grande Recife, Rafhael Monteiro, divulgou nota, neste feriado em homenagem a Tiradentes (21/04), defendendo o prefeito reeleito, pastor Marcos José (PSB) e seu vice, Marcos Siqueira (PCdoB). Contesta as acusações feitas contra os dois pela adversária Katiana Gadelha (PDT), que denunciou a chapa, na Justiça Eleitoral, por suposto abuso de poder econômico e político.

O processo que apura a denúncia corre em segredo de justiça. “O Ministério Público Eleitoral e a Justiça Eleitoral certamente comprovarão que os pontos levantados são falsos, descabidos e, por total ausência de provas”, diz o comunicado dirigido aos eleitores do município pela chapa socialista.
Katiana Gadelha (PDT), que ficou em segundo lugar nas eleições para prefeito de Abreu e Lima em outubro de 2016, associa a vitória do concorrente à compra de votos, distribuição de praças de táxi e a contratações temporárias em período eleitoral.
Leia na íntegra a nota em defesa de Marcos José:



Nota de esclarecimento ao povo de Abreu e Lima

O prefeito reeleito de Abreu e Lima - Pastor Marcos José - e o seu vice-prefeito, Dr. Marcos Siqueira, refutam veementemente todas as alegações apresentadas na Ação ajuizada pela candidata derrotada nas últimas eleições de 2016. O Ministério Público Eleitoral e a Justiça Eleitoral certamente comprovarão que os pontos levantados são falsos, descabidos e, por total ausência de provas, até porque elas não existem tornarão a peça inepta, inclusive conforme já anunciado pelo Juiz da Comarca de Abreu e Lima, Dr. Hugo Bezerra, em seu despacho inicial.
Rafhael Monteiro
Secretário de Justiça de Abreu e Lima


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM