Jornal do Commercio
PSDB

PSDB-PE também vive clima de indefinição

No Estado, PSDB não sabe se terá candidato ao governo e quem irá presidir partido

Publicado em 13/08/2017, às 13h32

Ministro das Cidades, Bruno Araújo pode ser nome do PSDB ao governo, mas enfrenta empecilhos / Foto: George Gianni/PSDB
Ministro das Cidades, Bruno Araújo pode ser nome do PSDB ao governo, mas enfrenta empecilhos
Foto: George Gianni/PSDB
Paulo Veras

Em Pernambuco, o PSDB também vive um momento de indefinição. O nome do ministro das Cidades, Bruno Araújo, pode ser opção ao governo. Mas a candidatura dele depende do sucesso do governo Temer e das delações da Odebrecht e JBS que também o atingiram, embora ele negue irregularidades. Também há entre os tucanos quem veja sinais díspares de Bruno, balançado entre abraçar uma disputa acirrada ao governo ou tentar uma vaga ao Senado em uma chapa de governo ou oposição. A definição pode estar atrelada às alianças nacionais do partido e a escolha do melhor palanque para um presidenciável ainda indefinido.

Na bancada tucana, Bruno trabalhou pela permanência de Temer, enquanto Daniel e Betinho Gomes atuaram pelo rompimento com o governo votaram para que fosse aceita a denúncia contra o presidente, gerando desconforto.

Outra saia justa é a presidência estadual do partido. Um acordo previa que Antônio Moraes fosse sucedido por Elias Gomes em julho, o que não ocorreu. A convenção marcada para novembro pode escantear o ex-prefeito em definitivo. Joaquim Francisco, por exemplo, prega que Bruno é o melhor nome para comandar o partido agora.



'PINGOS NOS IS'

Elias promete cobrar o cumprimento do acordo. “Já é a hora de se botar os pingos nos Is. Caso isso não seja feito, eu pretendo ter uma conversa definitiva com o ministro Bruno. Se não se honrar o combinado, eu me sentirei a vontade para tomar uma decisão de mais impacto”, projeta. Ele afirma, porém, que não pretende mudar de partido.

“Vamos ter eleição aqui. Eu não serei candidato. Já fui duas vezes presidente do partido. Se vai ter uma chapa, se vai aparecer outra, se vai ser Elias, eu não posso impedir alguém de ser candidato”, afirma Moraes.

O JC tentou ouvir Bruno Araújo, mas não conseguiu contatar o ministro.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM