Jornal do Commercio
Abuso de poder

Prefeito e vice de Camutanga têm mandatos cassados

Sentença foi proferida na última semana pelo juiz da 27ª Zona Eleitoral do Estado

Publicado em 21/08/2017, às 13h01

Armando Pimentel (D) e Lenildo Correia foram condenados por abuso de poder político / Foto: Reprodução/ Facebook
Armando Pimentel (D) e Lenildo Correia foram condenados por abuso de poder político
Foto: Reprodução/ Facebook
JC Online

O juiz Ícaro Nobre Fonseca, da 27ª Zona Eleitoral de Pernambuco, decidiu, na última sexta-feira (18), cassar os mandatos de Armando Pimentel (PSB) e Lenildo Correia (PSD), prefeito e vice, respectivamente, de Camutanga, cidade situada a 113 km do Recife, na Mata Norte do Estado. Os líderes do executivo municipal foram condenados por abuso de poder político.

Segundo Doda Soares (PR) e Ricardo Godoi (PMDB), que concorriam com Pimentel e Correia no pleito de 2016, os condenados se aproveitaram da influência que têm junto ao secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira (PR), para obter recursos que comprometeram a legitimidade das eleições. Eles ainda podem recorrer da decisão.

De acordo com a denúncia acatada pela Justiça Eleitoral, em comício realizado no dia 23 de setembro 2016, Oliveira prometeu às cerca de 2 mil pessoas que participavam do ato que realizaria a pavimentação das principais ruas da cidade. No dia 27, apenas quatro dias depois do comício, as obras começaram na principal via do município. Os denunciantes ressaltaram que a realização do serviço foi amplamente divulgado em carro de som, sempre o vinculando ao prestígio político de Pimentel junto ao secretário.



DEFESA

Na sentença, entre as alegações da defesa, há a informação de que Pimentel e Godoi afirmam que "não há provas sobre o suposto ilícito". O texto diz ainda que "não houve inauguração ou início de execução de obra em tempo eleitoral".

SENTENÇA

Com base nestas informações, o magistrado determinou a cassação dos diplomas de prefeito e vice-prefeito dos eleitos, além da realização de novas eleições. O juiz declarou também a inelegibilidade de ambos para qualquer eleição nos 8 anos subsequentes ao pleito em que se verificaram as ilegalidades (2016).


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Julgamento de Lula Julgamento de Lula
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região confirmou, no histórico 24 de janeiro de 2018, a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e ampliou a pena para 12 anos e 1 mês de reclusão
Copa do Nordeste 2018 Copa do Nordeste 2018
A 15ª edição da Copa do Nordeste tem um sabor especial. 2018 marca a volta das transmissões de futebol da TV Jornal. Ao lado da co-irmã de Caruaru e de nove afiliadas do SBT Nordeste, a emissora vai levar ao público todas as emoções do torneio
Conheça o Cambinda Brasileira, maracatu rural mais antigo em atividade Conheça o Cambinda Brasileira, maracatu rural mais antigo em atividade
Conheça o Cambinda Brasileira, maracatu rural mais antigo em atividade

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM