Jornal do Commercio
Polêmica

Geraldo Julio classifica a chegada de FBC no PMDB como 'uma violência'

Prefeito do Recife participou de debate na Rádio Jornal na manhã desta terça

Publicado em 12/09/2017, às 12h19

Antes aliados, FBC e Geraldo Julio agora ocupam palanques diferentes  / Foto: Guga Matos/JC Imagem
Antes aliados, FBC e Geraldo Julio agora ocupam palanques diferentes
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Da editoria de Política

O prefeito do Recife, Geraldo Julio, saiu em defesa do deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB) na manhã desta terça-feira (12), durante debate na Rádio Jornal. Ao ser questionado sobre a maneira como o senador Fernando Bezerra Coelho entrou no PMDB após deixar o PSB, na última semana, com pretensões de assumir a liderança da sigla no Estado e colocá-la na oposição ao governo Paulo Câmara, o socialista respondeu que vê a manobra como "uma violência, um desrespeito nunca vistos".

"A saída dele (FBC) do PSB é uma coisa, mas a forma que ele está entrando no PMDB é algo nunca visto. Jarbas tem 50 anos no partido e o que estão fazendo com ele é de uma violência, de um desrespeito nunca vistos. Nunca vimos uma violência dessas na história da política de Pernambuco", afirmou o prefeito.

Durante o programa, Geraldo já havia mencionado que FBC, ao desembarcar do PSB, apenas confirmou um posicionamento que adotou desde que o presidente Michel Temer (PMDB) chegou ao poder, de apoiar o governo federal, mesmo que isso fosse de encontro à posição do PSB, partido onde ficou por 12 anos.



"No primeiro dia de governo de Temer o PSB decidiu fazer oposição e o senador decidiu participar do governo. Já havia a divergência. Depois de todo esse tempo, o senador tomou a decisão dele", cravou o prefeito.

MUDANÇA POLÊMICA

A entrada no senador no PMDB causou grande desconforto na cúpula local do partido, que não foi sequer consultada sobre a mudança. No último domingo, a executiva estadual da legenda lançou uma nota externando o sentimento dos peemedebistas pernambucanos em relação ao posicionamento de FBC.

"Nosso sentimento é de completa indignação. A atitude do senador Fernando Bezerra Coelho de querer entrar no PMDB de Pernambuco destituindo sua direção regional e mudando a orientação política do partido é inaceitável. Não permitiremos a usurpação da nossa história. Não aceitaremos a tentativa de desmoralização da liderança de Jarbas Vasconcelos. Reagiremos a essa violência, de todas as maneiras possíveis, para preservar a identidade do PMDB de Pernambuco", diz parte do texto.


Recomendados para você


Comentários

Por LYRA,12/09/2017

Gostei Geraldo, aproveita a raiva e vai ao MP entregar ele, diz lá que ele fazia parte da quadrilha criada e deixada pelo meliante morto Eduardo Campos 10%, da qual tu, Paulo Câmara e Tadeu Alencar também faziam parte e que depois todos passaram a chefiá-la sobre a supervisão da viúva santinha, a viúva que não chora, só assim o povo pernambucano se verá livre de um monte de bandidos de uma única vez. Isso tem nome, isso é BANDIDO querendo eliminar BANDIDO, simplesmente isso.

Por anfrisio,12/09/2017

Claro que ele tinha que chegar no PMDB como um trator derrubando tudo. Ele quer ver o filho migrar de ministro para governador do estado e ficar numa boa. Simples assim! Os verdadeiros pemedebistas, os autênticos, que barrem essa investida grosseira típica do momento atual da politica nacional



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM