Jornal do Commercio
PMDB

Na Câmara, Jarbas acusa FBC de traição por briga no PMDB

Recém-filiado, FBC tenta tomar o comando do PMDB de Jarbas Vasconcelos

Publicado em 12/09/2017, às 17h27

Na briga do PMDB, Jarbas Vasconcelos acusa Fernando Bezerra Coelho de traição / Foto: divulgação
Na briga do PMDB, Jarbas Vasconcelos acusa Fernando Bezerra Coelho de traição
Foto: divulgação
Paulo Veras

Em um duro pronunciamento no plenário da Câmara Federal, o deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB) acusou o senador Fernando Bezerra Coelho, recém-filiado ao PMDB, de traição. FBC entrou no partido com a promessa do presidente nacional da sigla, o senador Romero Jucá, de que poderia levar o partido para a oposição e lançar uma candidatura ao governo do Estado, provavelmente do ministro Fernando Filho (PSB), de Minas e Energia. Procurada, a assessoria do senador disse que ele não responderia o discurso do ex-governador.

Jarbas iniciou seu discurso afirmando que há uma "tentativa sórdida" de calar sua voz. "A manobra ardilosa que pretende me atingir está sendo maquinada pelo senador Fernando Bezerra Coelho que diz está seguindo orientação da presidência nacional do PMDB, do senador Romero Jucá", disparou. O ex-governador chamou Fernando, então, de "adesista de ocasião", defendeu a legitimidade do diretório estadual, presidido pelo vice-governador Raul Henry, que pode ser dissolvido por Jucá e prometeu resistir e não se curvar diante da mesquinharia de homens que usufruem de um poder efêmero e frágil.

"Percebi que Fernando Bezerra está trabalhando para intervir no PMDB de Pernambuco. Ao meu gesto cordial de elogiar a ele e ao seu filho ministro, o senador Fernando Bezerra Coelho respondeu com desrespeito e prepotência. O ato dele tem nome: traição", atacou. Disse que FBC está interessado num palanque para si e para os filhos e que pretende transformar o partido numa extensão familiar dos seus interesses.

"Em várias situações, exatamente por conta do meu pensamento e da minha coerência, fui atacado dentro do meu próprio. Do partido que ajudei a criar. Mas mesmo diante das divergências nunca houve uma ação voltada para me expulsar ou punir. Sempre houve o respeito às diferenças. Respeito! Condição primária para a convivência em qualquer ambiente e que faltou e está faltando a Fernando Bezerra Coelho", lamentou Jarbas.



TEMER

Buscando rebater o argumento que pode ser usado pela Executiva Nacional contra sua permanência no comando do PMDB-PE, Jarbas fez questão de descrever sua situação com o governo Michel Temer. Disse ter apoiado o presidente e as reformas. Garantiu que o voto pela continuidade da denúncia contra Temer não foi um "pré-julgamento". "Votei pela investigação porque ao longo da minha vida pública sempre defendi a apuração de denúncias", explicou.

Mirando FBC, ele lembrou que esteve na oposição durante todos os governos do PT. "A maioria dos que hoje pretendem me expulsar do PMDB apoiou os governos que hoje criticam. Foram cumplices nos malfeitos. Eu mantive a minha coerência. Não titubeei. Não tergiversei. Paguei um preço político por isso mas não me arrependo um segundo sequer", atiçou.

Recuperando-se de uma sinusite, Jarbas tossiu algumas vezes durante o discurso. Os deputados que já estavam no plenário da Câmara pararam para ouvi-lo, em silêncio. O peemedebista também foi aplaudido ao final de sua fala.


Recomendados para você


Comentários

Por oseas,13/09/2017

Pernambuco é uma terra de coronel mesmo .... sempre o mesmo grupo mandando .... Isso é uma vergonha.

Por Vote diferente,13/09/2017

Mesmos políticos, mesmos problemas. Em 2018 vote diferente! Abrace essa ideia.

Por Marie,13/09/2017

Não vou defender ninguém aqui!! Eu não tenho político de estimação! Mas, todos esses nomes eu já conheço de algum tempo, Jarbas não reclame de seus pares, pois estás a apoiar o maior bandido do País! Aqui em Pernambuco está muito difícil de encontrar algum político sério e que trabalhe em prol do povo!

Por kaio,13/09/2017

JARBAS, do mesmo jeito que Marco Maciel se acabou, você também vai se acabar .... tenta arrumar alguma "oia" como ele arrumou.

Por Vade retro Satana/PMDB!,13/09/2017

Não sei quem é o pior na história: FBC ou Jarbas. Mas.........enfim! Nenhum dos dois, ou quem apoiarem, não terão meu voto em 2018! Danem-se! Só espero que o povo pernambucano e do resto do Brasil "abra os olhos" e não se enganem mais com os candidatos do PMDB, ou melhor, com o Quadrilhão de Temer!



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM