Jornal do Commercio
Alepe

Oposição apresenta balanço do Pernambuco de Verdade em Caruaru

Segundo bancada de oposição na Alepe, principais problemas apresentados pela população foram falta de segurança e precariedade da saúde pública

Publicado em 12/09/2017, às 10h20

Durante a apresentação do relatório, Silvio Costa Filho aproveitou para questionar a candidatura de Paulo Câmara à reeleição e foi rebatido pelo líder do governo, Isaltino Nascimento / Roberto Soares/Alepe
Durante a apresentação do relatório, Silvio Costa Filho aproveitou para questionar a candidatura de Paulo Câmara à reeleição e foi rebatido pelo líder do governo, Isaltino Nascimento
Roberto Soares/Alepe
Editoria de Política

A bancada de oposição da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) apresentou nesta segunda-feira (11) o balanço das viagens pelo Agreste Meridional dentro do Pernambuco de Verdade, projeto de fiscalização de obras e equipamentos públicos do estado. Segundo os parlamentares, as maiores dificuldades apresentadas pela população durante visita na semana passada foram a falta de segurança e a precariedade da saúde pública.

O líder da oposição na Alepe, o deputado Silvio Costa Filho (PRB) citou os números da violência no estado, calo da gestão do governador Paulo Câmara (PSB), que terá lugar central nos debates das eleições de 2018. “Hoje, o povo de todo o Agreste vem sofrendo com o crescimento da violência, com aumento de mais de 50% no número de assassinatos. Caruaru, por exemplo, atualmente é a terceira cidade do Estado em números absolutos de homicídios e crimes contra o patrimônio. De janeiro a julho deste ano foram cometidos 175 assassinatos e registrados mais de cinco mil casos de roubo”, disparou o líder da oposição.

Na área de saúde, Silvio Costa Filho criticou a situação do Hospital Regional do Agreste (HRA). “Encontramos pacientes nos corredores da emergência e pessoas esperando atendimento há mais de 72 horas”, contou o deputado. Ele afirmou que iria acionar o Sindicato dos Médicos (Simepe) e o Ministério Público de Pernambuco sobre tais deficiências. 

“A promessa era que o Hospital São Sebastião seria reformado e municipalizado. Agora, o Governo do Estado quer que a Prefeitura assuma o custeio do hospital e a conclusão da reforma”, afirmou a deputada Priscila Krause (DEM). O São Sebastião ajudaria a aliviar a superlotação no HRA. 



Agenda

A agenda do Pernambuco de Verdade visitou uma série de equipamentos públicos na cidade Caruaru acompanhados pela prefeita Raquel Lyra (PSDB), como 4º Batalhão da Polícia Militar, que trabalha hoje com um déficit de cerca de 250
policiais; às obras do Complexo da Polícia Científica, que deveria abrigar Instituto de Criminalística, Instituto Médico Legal e Instituto de Identificação Tavares Buril; a estrada de acesso à BR-104. Raquel e seu pai, o ex-governador João Lyra (PSDB) integravam o PSB de Paulo, até as eleições de 2016, quando o então vice-prefeito, José Queiroz (PDT) foi preterido no lugar dela para disputar a prefeitura no município e os dois migraram para o PSDB.

A oposição deve ir até o final de outubro ao Sertão do São Francisco, Zona da Mata Sul e Região Metropolitana do Recife. Ao final, os oposicionistas irão produzir um relatório com o diagnósticos dos principais problemas encontrados, que será apresentada ao governo do Estado, solicitando que a gestão apresente um cronograma para conclusão de obras e reforço dos serviços públicos.

2018

Durante a apresentação do relatório do Pernambuco de Verdade no plenário da Alepe nesta segunda (11), houve embate entre a oposição e a bancada governista do governo sobre 2018. Silvio Costa Filho chegou a questionar a candidatura de Paulo Câmara à reeleição. “Ouvimos falar da possibilidade de uma troca de candidato pelo PSB em 2018. Nós acreditamos que, depois de quatro anos de mandato, só podemos debater Pernambuco com o próprio governador", disparou o deputado. 

O líder do governo, o deputado Isaltino Nascimento (PSB) rebateu Silvio garantindo que não há essa possibilidade e ainda alfinetou Armando e FBC, que farão oposição à Paulo em 2018, na mesma chapa ou não. “Quem tem que definir o seu candidato é a Oposição, entre os senadores Fernando Bezerra Coelho ou Armando Monteiro Neto. Poderemos apurar a avaliação do povo pernambucano desse Governo nas eleições em 2018, e tenho certeza de que os eleitores terão sabedoria nessa escolha, como tiveram em 2016”, respondeu o governista. 


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM