Jornal do Commercio
PSB

Fernando Filho devia sair imediatamente do PSB, diz Waldemar Borges

Palaciano, Waldemar defendeu saída imediata do ministro do PSB

Publicado em 14/09/2017, às 13h03

'Esse ministro devia ter a altivez de sair do partido imediatamente', cobrou Waldemar Borges (PSB), na Alepe / Foto: Roberto Soares/Alepe
'Esse ministro devia ter a altivez de sair do partido imediatamente', cobrou Waldemar Borges (PSB), na Alepe
Foto: Roberto Soares/Alepe
JC Online

Embora o governador Paulo Câmara (PSB) tenha evitado o embate direto com o clã dos Coelho, o deputado estadual Waldemar Borges (PSB), um dos porta-vozes do Palácio do Campo das Princesas na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), cobrou a saída imediata do PSB do ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, que assim como o pai, o senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB), tem trabalhado para formar uma frente de oposição no Estado. O ministro é cotado para ser candidato a governador.

"No meu partido você tem um ministro que vai aos jornais dizer que está articulando uma chapa fora do partido contra o governador Paulo Câmara. Esse ministro devia ter também a altivez de sair do partido imediatamente. Porque quem está dentro de um partido dizendo que está articulando desde dentro do partido contra ele, esse gesto já diz quem é a pessoa. Então tem que sair. Tem que sair. Independente da posição do PMDB em relação ao nosso governo", afirmou Waldemar, ex-líder do governo na Alepe.



O pronunciamento ocorreu em meio aos discursos de deputados estaduais do PMDB contra a filiação de FBC. Ele tenta tomar o comando do partido, hoje presidido pelo vice-governador Raul Henry, do grupo político do deputado Jarbas Vasconcelos.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM