Jornal do Commercio
Crise nos municípios

Prefeitos vão a Brasília em busca de apoio financeiro do governo federal

Na pauta dos prefeitos pernambucanos, a situação financeira dos municípios e aprovação de apoio financeiro emergencial

Publicado em 16/10/2017, às 09h52

Encontro está sendo articulado pelo presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota / Edmar Melo/Acervo JC Imagem
Encontro está sendo articulado pelo presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota
Edmar Melo/Acervo JC Imagem
Editoria de Política

Atualizada às 11h43

Prefeitos de Pernambuco vão a Brasília na próxima quarta-feira (18) cobrar, junto a bancada pernambucana no Congresso, apoio financeiro emergencial do governo de Michel Temer (PMDB) aos municípios. O encontro, que deve ocorrer nesta quarta-feira (16), está sendo articulado pelo presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB). 

Na pauta, a situação financeira dos municípios do Estado, que tem como um dos agravantes a queda de repasses do Fundo de Participação dos municípios (FPM). De acordo com a Amupe, mais de 80 prefeitos já confirmaram presença no encontro.

Dentro da programação, às 9h haverá reunião com os gestores da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e às 17h, reunião na sala de Comissões da Câmara, com a presença dos deputados e senadores.



Reivindicações

Os gestores municipais pedem uma solução a curto prazo para ajudar os município para a manutenção da máquina administrativa e garantia do pagamento do 13º salário dos servidores. Esta não é a primeira vez que os prefeitos se mobilizam para pedir apoio do Planalto. No início de outubro, ele foram à Brasília e foram recebidos pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), que se comprometeu a interceder pelos prefeitos junto ao presidente Michel Temer (PMDB).

Na ocasião, a CNM protocolou um ofício denunciando a falta de recursos nos municípios e dados indicando que 3.823 pequenos municípios dependem quase que totalmente do FPM e solicitando a edição de uma medida provisória para evio do Apoio Financeiro aos Municípios (AFP) Segundo o CNM, a Presidência da República respondeu no dia 6 de outubro, informando que a demanda havia sido direcionada aos Ministérios do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão e da Fazenda.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM