Jornal do Commercio
APOSENTADORIA

'Vamos aposentar e morrer', diz vereador sobre reforma da Previdência

Vereador do Recife, Almir Fernando (PCdoB) cobra 'conscientização' para que a reforma da Previdência não seja aprovada

Publicado em 07/12/2017, às 14h05

Vereador do Recife, Almir Fernando (PCdoB) fez as críticas na Câmara Municipal / Foto: Câmara do Recife
Vereador do Recife, Almir Fernando (PCdoB) fez as críticas na Câmara Municipal
Foto: Câmara do Recife
Da Editoria de Política

Durante discurso na Câmara do Recife sobre a importância da manutenção dos fiscais de ônibus nos terminais do Recife como forma de combate ao desemprego, o vereador Almir Fernando, do PCdoB, criticou a reforma da Previdência, que o governo do presidente Michel Temer (PMDB) articula para votar até o fim deste ano. Para o vereador, deve haver uma conscientização para que a matéria não seja aprovada. “Vai chegar um ponto em que vamos nos aposentar e morrer, ou nem se aposentar. O que estão querendo é que a gente apenas contribua. Temos a esperança de fazer com que haja uma conscientização dos deputados e senadores para que essa emenda não seja aprovada", comentou.

Nessa quarta (6), a legitimidade do governo Temer para propor a reforma da Previdência foi questionada no relatório final da Comissão Especial da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) voltada para analisar o tema. O relatório defende que a idade mínima para aposentadoria leve em consideração a expectativa de vida diferente para os estados do País.



Entre as recomendações sugeridas ao Ministério da Previdência Social, o relatório da Alepe pede para "aguardar a vinda de um governo legítimo para encaminhar nova proposta de Projeto de Emenda Constitucional". O relatório ainda sugere que que trabalhadores rurais e mulheres tenham critérios mais vantajosos como idade mínima e tempo de contribuição.

Maia diz que vai tentar votar texto até o fim do ano

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou nesta quinta-feira (7) que, apesar de o governo ainda não ter os votos necessários para aprovar a reforma, ele vai continuar trabalhando para aprovar o texto ainda neste ano. Na noite dessa quinta (6), líderes aliados voltaram a se encontrar com o presidente da República, Michel Temer, para tentar contabilizar os votos. Concluíram que ainda não há o suficiente para garantir a aprovação no Plenário. São necessários pelo menos 308 votos, em dois turnos de votação.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM