Jornal do Commercio
VERBA INDENIZATÓRIA

Presidente da OAB-PE critica novo auxílio-saúde do MPPE

Promotores do MPPE terão direito a auxílio-saúde de R$ 500 mensais a partir de 2018

Publicado em 20/12/2017, às 14h17

'Se a legalidade é certa, penso que dúvidas se colocam no plano da moralidade', criticou Ronnie Duarte, sobre o novo auxílio-saúde do MPPE / Foto: JC Imagem
'Se a legalidade é certa, penso que dúvidas se colocam no plano da moralidade', criticou Ronnie Duarte, sobre o novo auxílio-saúde do MPPE
Foto: JC Imagem
Paulo Veras

Em uma postagem divulgada nas redes sociais, o presidente da OAB de Pernambuco, Ronnie Duarte, criticou o novo auxílio-saúde de R$ 500 mensais para os promotores do Ministério Público de Pernambuco. Para Ronnie, a medida é um novo "penduricalho" que nasce no momento em que uma grave crise se abate sobre todos e a sociedade se volta contra os auxílios existentes.

"Servidores públicos (em sentido lato) que estão no topo da pirâmide remuneratória ganham novos benefícios. Mais uma verba 'indenizatória'. Se a legalidade é certa, penso que dúvidas se colocam no plano da moralidade", questiona Ronnie.

Previsto para ser pago a partir de março do próximo ano, o novo auxílio-saúde terá impacto de R$ 2,9 milhões nas contas do MPPE em 2018 e de R$ 3,4 milhões no orçamento de 2019. De acordo com o órgão, outros Ministérios Públicos do País pagam auxílio-saúde a seus membros.



'Pouco caso da opinião pública'

"Consigo compreender a decepção que se abate sobre muitos que emigram convictos de que o nosso país não tem jeito. Insisto e acredito nele. Contudo, há notícias que me fazem duvidar: será que vivemos todos em um mesmo Brasil? Até quando a nossa representação política seguirá abusando da paciência dos eleitores e fazendo pouco caso da opinião pública?", questiona o presidente da OAB-PE.

Além do novo benefício, os promotores recebem todo mês um auxílio-moradia de R$ 4.377,27 e um auxílio-alimentação de R$ 1.068. Em 2018, não haverá reajuste nas verbas indenizatórias ou no salário dos membros do MPPE. “Os servidores tiveram uma recomposição de 4%, retroativo a 1º de outubro, além de mais 4% previsto para outubro do ano que vem”, explica o órgão em nota.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM