Jornal do Commercio
ELEIÇÕES 2018

Como João Campos ajuda a reeleição de Paulo Câmara

Para o PSB, João Campos no palanque de Paulo Câmara será a prova que governador sucede Eduardo

Publicado em 13/01/2018, às 15h01

Para PSB, João Campos terá papel na campanha pela reeleição do governador Paulo Câmara / Foto: Aluísio Moreira/JC Imagem
Para PSB, João Campos terá papel na campanha pela reeleição do governador Paulo Câmara
Foto: Aluísio Moreira/JC Imagem
Paulo Veras

O papel de João Campos não se limitará à corrida pelo Congresso. Ele também é uma arma do PSB contra o discurso da oposição – principalmente de ex-aliados como o senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB) – negando ao governador Paulo Câmara o papel de sucessor administrativo de Eduardo Campos.

"Ele não está nesse conjunto à toa. A presença é para tirar qualquer dúvida de que esse conjunto do PSB não dá seguimento ao que Eduardo começou. Vai desmentir qualquer argumento que se queira colocar nesse sentido", afirma Sileno.

O tio de João, o advogado Antônio Campos (Podemos), que rompeu com o PSB e se coloca como pré-candidato ao Senado, diz que não faz mal ter figuras da família concorrendo por chapas diferentes. "Eduardo merece ter um filho deputado federal. Espero apenas João ter a consciência que o legado de Eduardo é bem maior que o governo de Paulo", afirma.



'Dinastia Política'

Para Vannucio Pimentel, doutor em ciência política e autor do estudo A Primazia dos Clãs: A Família na Política Nordestina, a pré-candidatura de João é um caso de dinastia política, em que o filho é escolhido como herdeiro do capital político em busca de votos para tentar manter o grupo no poder.

Vannucio entende que a real preparação é para torná-lo prefeito do Recife ou governador de Pernambuco. "A família Campos perdeu seu principal agente político catalizador. E agora precisa construir uma figura de proa para capitalizar esse grupo. É questão de tempo e viabilidade. Mas ele é claramente toda a aposta política para futuro da família Campos. É uma estratégia de longo prazo", explica.


Recomendados para você


Comentários

Por LYRA,14/01/2018

Isso não pode ser chamado de uma dupla e sim de uma quadrilha.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Recife em Transformação Recife em Transformação
A cidade e o desafio de traçar o seu futuro
Zika em mil dias Zika em mil dias
Já se passaram quase 2 anos e meio desde que o JC anunciou a explosão de casos de recém-nascidos com microcefalia. Muitas dessas crianças já completaram os seus primeiros mil dias de vida. Famílias e especialistas revelam o que aconteceu nesse período
Logística e inovação Logística e inovação
Você sabe o que é logística? Ela parece invisível, mas está presente no nosso dia a dia, encurtando distâncias. Quando compramos uma maçã no supermercado, muitas vezes não nos damos conta do caminho que percorreu até chegar a nossas mãos

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM