Jornal do Commercio
ENTREVISTA

PT pode voltar a conversar com PSB em Pernambuco, afirma Lula

Segundo Lula, PT precisa pensar se se quer continuar brigando com um possível aliado como o PSB em Pernambuco

Publicado em 06/02/2018, às 09h20

Para Lula, o PT pode voltar a conversar com o PSB do governador Paulo Câmara em Pernambuco / Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula
Para Lula, o PT pode voltar a conversar com o PSB do governador Paulo Câmara em Pernambuco
Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula
Da Editoria de Política

No momento em que PT e PSB voltam a ensaiar o retorno de uma aliança, o ex-presidente Lula (PT) deixou em aberto um espaço para um entendimento entre as duas siglas nesta terça-feira (6), em entrevista exclusiva à Rádio Jornal do Recife. Principal líder petista, Lula afirmou que o PT precisa pensar se quer continuar brigando com um possível aliado capaz de construir um programa para Pernambuco ou disputar sozinho uma eleição "sem fazer aliança com ninguém".

"O PT pode voltar a conversar com o PSB aí em Pernambuco, o PT pode conversar com o Armando Monteiro, pode ter candidatura própria. Nós temos pré-candidatos a Marília, o Odacy, o José de Oliveira. O problema é que eu não quero precipitar os fatos", disse Lula. "Tem muita coisa na política que ainda vai acontecer. Toda a briga que nós tivemos com o PSB, não me faz crer que o PSB só tenha adversários", sinalizou o ex-presidente.



"Cada aliança é feita sob as circunstâncias da política do momento. Você sabe da relação que eu tinha com o PSB a nível nacional, com o Eduardo Campos, era uma relação muito forte e muito sincera. Todo mundo sabe que eu gostava do Eduardo Campos e ele gostava muito de mim. Com a morte dele, obviamente houve fissuras, houve problemas. O PSB, em alguns lugares, rompeu com o PT. Em outros, não. Tudo isso faz parte do cenário político local. Agora, está chegando uma nova eleição e os partidos precisam pensar o que é melhor para o povo de Pernambuco. Se é a gente continuar brigando com um possível aliado capaz de se construir um programa para o Estado ou se a gente vai simplesmente fazer sozinho uma eleição sem fazer aliança com ninguém. Nós temos que discutir com muita maturidade", declarou o petista.

Rompimento

Em Pernambuco, PT e PSB romperam em 2012, quando o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), derrotou o senador Humberto Costa (PT), encerrando um período de 12 anos de gestão petista na Capital. Em 2013, a sigla deixou o governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) para lançar o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, já falecido, como candidato a presidência da República no ano seguinte.

Ouça a íntegra da entrevista: 


Recomendados para você


Comentários

Por Sérgio Matos,06/02/2018

Quem apóia ladrão tem cem anos de condenação.O chefe da quadrilha vermelha ainda consegue exercer a lavagem cerebral nos desinformados.

Por ricardo,06/02/2018

EU E MINHA FAMÍLIA JÁ ESTÁVAMOS ESPERANDO POR ISSO. NÃO IREMOS VOTAR NEM NO PT NEM PSB.

Por Rinaldo,06/02/2018

Lula foi um Estadista . Caixa dois, todos os partidos do Brasil fizeram e fazem, só Rodrigo Maia (DEM) que fez caixa 3.

Por Eduardo ,06/02/2018

Já Perdeu voto! Se é PT ou amigo do PT, é do crime!

Por Cesar,06/02/2018

Olha a cara desse governador "bundão" ao lado do maior corrupto da história do Brasil!!!! Isso é um aproveitador, mas tenho certeza que não se reelegerá, pelo menos com meu voto NÃO.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM