Jornal do Commercio
Alepe

Na Alepe, deputados cobram presença de Secretário dos Transportes

No plenário, deputados trocaram farpas por ausência do secretário Sebastião Oliveira, na Comissão da Aricultura

Publicado em 13/03/2018, às 22h04

Deputados cobraram maior diálogo do Executivo com o Legislativo  / Foto: Jarbas Araújo
Deputados cobraram maior diálogo do Executivo com o Legislativo
Foto: Jarbas Araújo
Vinícius Sales

O clima entre deputados de oposição e governo se acirrou nesta quarta-feira (13). Em sessão na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), parlamentares questionaram a ausência do Secretário de Transportes, o deputado Sebastião Salgado, na reunião da Comissão de Agricultura da Casa. Na mesma tarde, o secretário em exercício Antônio Júnior representou Sebastião na comissão, porém saiu após desentendimentos com a comissão, alegando que havia sido “desrespeitado” pela mesma quando os deputados cogitaram o cancelamento da reunião.

No plenário, os deputados Henrique Queiróz (PR) e Rodrigo Novaes (PSD) trocaram farpas ao discutir ao assunto. Novaes afirma que a Comissão não desrespeitou o secretário em exercício, porem este teria saído por conta das críticas feitas à Sebastião. “Estávamos preparados para ouvir o Dr.Antônio Júnior, que de repente tomou a tribuna e falou um bocado de coisa de maneira nervosa. Disse que ia embora, que estava passando mal e que não ia discutir aquilo ali. Quando deu 9h30 ele estava impaciente e disse que não ia esperar mais ninguém”, afirmou Rodrigo Novaes. Na ocasião, o deputado Claudiano Martins Filho (PP), presidente da comissão, ainda não chegara e a vice-presidente, Roberta Arraes (PSB) está viajando pelo interior. Sendo o deputado mais votado, Rodrigo assumiu interinamente. “Tudo foi feito regimentalmente”, complementa Novaes.

Contraditando o colega, Henrique Queiróz afirmou que, segundo o deputado Rogério Leão (PR), a reunião havia sido cancelada e que as pessoas estavam se retirando. “Se avise uma pessoa: ‘Está encerrado a discussão e não será mais discutido com você, mas sim com o secretário Sebastião.’ Qual outro comportamento o secretário poderia ter ?”



DIÁLOGO

Outros parlamentares ainda reclamaram da falta de diálogo entre o secretário e a Alepe. Em aparte no discurso de Rodrigo Novaes, o deputado Claudiano Martins Filho ironizou: “Deputado, depois vamos ao meu gabinete. Lá tem um bolo de 1 ano que tento falar com o secretário dos transportes”. Em seguida a deputada Socorro Pimentel complementou: “No meu gabinete tem um bolo de 2 anos que tento falar com ele.”
Ao JC, Henrique Queiróz afirma que não é somente o secretário Sebastião Oliveira, mas outros secretários também teria dificuldade de se comunicar com o Legislativo. “Estão falhando nesse relacionamento, mas em todas as reuniões de bancada isso é levado em pauto para se tomar providências.”

Confina na íntegra a nota do secretário Sebastião Oliveira:

Uma falta de respeito com toda equipe da Secretaria Estadual de Transportes (Setra). É desta maneira que encaro o fato que aconteceu, hoje, na Audiência Pública promovida pela Comissão de Agricultura da Alepe. Primeiro, a ausência de compromisso com o horário e o desprezo com os profissionais que estavam presentes com o intuito de prestar aos deputados os esclarecimentos necessários. Segundo, porque ficou claro que a motivação da convocação nunca foi técnica, mas política. O pano de fundo foi confrontar o Secretário de Transportes.
Deputados, que perderam espaço político em suas bases eleitorais, rotineiramente, vêm dando declarações caluniosas, levianas e carregadas de ódio, para extravasar as suas frustrações. Afirmo com toda a convicção que, atualmente, 90% das obras que estão tocadas pela Setra estão realizadas em locais que não sou votado. Desafio qualquer deputado a provar o contrário.
A Secretaria de Transportes vai continuar trabalhando firme, sem distinção de regiões, com o intuito de contribuir com o fortalecimento de Pernambuco e melhorar a qualidade de vidas da população.” Sebastião Oliveira, Secretário Estadual de Transportes.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM