Jornal do Commercio
ELEIÇÕES 2018

Possibilidade de aliança cresceu, diz Humberto, sobre PT e PSB

O senador Humberto Costa (PT) elogiou o governador Paulo Câmara (PSB), mas fez ressalvas a candidatura de Joaquim Barborsa (PSB) à presidência

Publicado em 13/04/2018, às 07h01

'A solidariedade que o PSB e especialmente o governador Paulo Câmara tem demonstrado nesse momento difícil do nosso partido vão ser levadas em conta', afirmou o senador Humberto Costa (PT) / Foto: Geraldo Magela/Agência Senado
'A solidariedade que o PSB e especialmente o governador Paulo Câmara tem demonstrado nesse momento difícil do nosso partido vão ser levadas em conta', afirmou o senador Humberto Costa (PT)
Foto: Geraldo Magela/Agência Senado
Luísa Farias e Paulo Veras

“A solidariedade que o PSB e especialmente o governador Paulo Câmara tem demonstrado nesse momento difícil do nosso partido vão ser levadas em conta. Eu diria que hoje a possibilidade de haver uma aliança cresceu com todo esse cenário que estamos vivendo. Mas a possibilidade de nós sairmos com a candidatura própria também continua a ser uma hipótese”, afirmou o senador Humberto Costa (PT), em entrevista à Rádio Jornal, ao ser questionado sobre a possibilidade de o PT apoiar a reeleição do governador Paulo Câmara.

A sinalização mais assertiva de Humberto ocorreu dois dias após Paulo ter ido até Curitiba, no Paraná, tentar visitar o ex-presidente Lula (PT) na carceragem da Polícia Federal, um dos mais expressivos gestos de aproximação entre o PSB de Pernambuco e o PT. O Palácio do Campo das Princesas cobrava do PT uma sinalização mais concreta de que haverá a aliança. Os petistas mantém pré-candidaturas ao governo, como a da vereadora do Recife Marília Arraes. Elas podem favorecer o plano da oposição de levar a disputa ao segundo turno.

Em entrevista à Rádio Jornal, Humberto Costa avaliou que uma aliança entre os partidos está cada vez mais palpável, mas mostrou ressalvas em relação a possível candidatura presidencial pelo PSB do ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa, relator do Mensalão.

Na visão de Humberto, um candidato socialista poderia inviabilizar alianças com o PT em estados como na Paraíba, Piauí, Ceará e Maranhão. Em São Paulo, lembrou o petista, o governador Márcio França (PSB) busca o apoio do presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) para se reeleger.

“Eu diria que talvez para o próprio PSB não ter candidato talvez seja um cenário melhor. Mesmo que tenha, nós sabemos que o partido vai ter uma posição flexível em relação aos estados”, diz o senador. “Nesses estados, nós temos convicção e certeza que é provável que o PSB esteja com o nosso candidato a presidente da República, mesmo que haja uma candidatura do PSB”, projeta.



Humberto teceu elogios a Marília, que tem viajado o Estado para se viabilizar como candidata, mas disse ter certeza que, caso o PT decida pela aliança, “ela compreenderá e estará na linha de frente”. A vereadora não foi localizada para comentar sobre o assunto. O senador também adiantou que, a partir da próxima semana, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, deve acelerar o debate sobre as alianças nos Estados.

NO PSB

Há dois dias, três aliados de primeira hora do governador Paulo Câmara se reuniram em Brasília com o ex-ministro José Dirceu e outras lideranças do PSB, PDT, PCdoB e PT para tratar das eleições de 2018. Em meio a conversa sobre a necessidade de as esquerdas terem um representante no segundo turno da corrida presidencial, eles conversaram rapidamente sobre a ida dos governadores a Curitiba, a saída do ex-prefeito do Recife João Paulo do PT e a possibilidade de uma aliança em Pernambuco.

Procurado antes da filiação, o governador Paulo Câmara não se opôs a entrada de Barbosa no PSB. Mas o socialista já disse que o partido precisa discutir mais se o jurista será candidato à presidência da República. Barbosa ainda enfrenta fortes resistências no PSB. Ontem, o ex-ministro Aldo Rebelo deixou o partido e se filiou ao Solidariedade por discordar da candidatura de Joaquim ao Palácio do Planalto.

“Pessoalmente, acho que é um equívoco Joaquim Barbosa ter se filiado ao PSB. Na minha ótica, ele inaugurou no país em 2005 essa visão falsa da demonização da política. Não acredito que é um quadro que vá contribuir para uma alternativa do PSB do ponto de vista do poder nacional. Acho que a saída é construir uma aliança com os partidos de esquerda”, opina o deputado estadual Isaltino Nascimento (PSB), líder do governo Paulo no Legislativo.

Em reserva, um auxiliar do governador descreveu a fala de Humberto como mais uma sinalização no sentido da aliança entre PT e PSB. Mas disse que o governo espera que a próxima conversa tenha um caráter mais definitivo. Paulo e Gleisi se encontraram em Curitiba, quando o pernambucano e outros oito governadores tentaram encontrar com Lula. Não há previsão de que voltem a conversar nos próximos dias.


Recomendados para você


Comentários

Por SARAIVA MORO Á JATO,13/04/2018

FALTA POUCO JANEIRO VEM AI BANDIDO BOM E BANDIDO PRESO ( GENTE ADERI MEU NOME OK)

Por guiga Martins,13/04/2018

Tem um lado bom. Quando chegar a hora, vai dar nenos trabalho juntar tudo e jogar no xilindró. Esse salafrário já está devendo. Já era prá estar preso, que nem lulinha lalau, o seu mentor há muito tempo. Mas esse negócio de foro privilegiado, que só privilegia bandidos igual a esse mentecapto, está com os dias contados. FDP.

Por Marcos Martins,13/04/2018

Lyra CONCORDO CONTIGO!!! ISSO DENOMINA-SE FUSAO ENTRE QUADRILHAS !!! PARA MIM, NAO EXISTEM DIFERENÇAS ENTRE o PSB, PT (conjuge do MDB), PCdoB, PSOL E OS DEMAIS PARTIDOS VERMELHINHOS !!! E VOU MAIS ALEM, 90% DOS POLITICOS DE TODOS OS PARTIDOS SO LEGISLAM EM CAUSA PROPRIA !!! ESSA SUPOSTA 'aliança' E' DESESPERO POR PARTE DO IRRESPONSAVEL GOVERNADOR DO ESTADO E DO FALIDO PT DO ESTADO..., E, PRINCIPALMENTE, PURA E SIMPLESMENTE PARA PAULO CAMARA NAO TIRAR A BUNDA DA CADEIRA DO POSTO QUE OCUPA. INFELIZMENTE, NA ULTIMA ELEIÇAO EU VOTEI NESSE PAULO, MAS, SE ARREPENDIMENTO MATASSE...!!! ESSE CARA FOI UMA JOGADA DE DUDU, DA FAMILIA CAMPOS. POR FIM, HOJE, FOI DIVULGADO HOJE QUE: - Dono de aviao diz que usou obras para PROPINA a Eduardo Campos (leiam, pesquisem!). Ha muito TEMPO ATRAS o SUPOSTO '"MITO"' deixou de ser... NA VERDADE ELE DEIXOU FOI UM LEGADO DE CORRUPÇAO, PROPINAS E AMBIÇAO... SE ARREPENDIMENTO MATASSE....!!!!!!!

Por LYRA,13/04/2018

Na verdade isso não tem nada de aliança e sim de fusão entre duas quadrilhas, só quero ver no que vai dá a mistura de Paulo Câmara, Humberto e Geraldo Julio, se eu fosse o Joaquim Barbosa, jamais ousaria em fazer parte dessa mistura maligna, onde só aparecem BANDIDOS.

Por Camela,13/04/2018

Cuidado, Dr Humberto, se não se reeleger a Lava-Jato lhe pega...e o Sr Fará companhia a Lula, em ambientes diferentes, é claro....



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Recife em Transformação Recife em Transformação
A cidade e o desafio de traçar o seu futuro
Zika em mil dias Zika em mil dias
Já se passaram quase 2 anos e meio desde que o JC anunciou a explosão de casos de recém-nascidos com microcefalia. Muitas dessas crianças já completaram os seus primeiros mil dias de vida. Famílias e especialistas revelam o que aconteceu nesse período
Logística e inovação Logística e inovação
Você sabe o que é logística? Ela parece invisível, mas está presente no nosso dia a dia, encurtando distâncias. Quando compramos uma maçã no supermercado, muitas vezes não nos damos conta do caminho que percorreu até chegar a nossas mãos

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM