Jornal do Commercio
TURISMO

Hotéis para todos os gostos em Las Vegas

Rede hoteleira é diversificada e mantém ocupação média de 89%

Publicado em 10/09/2016, às 19h38

Bellagio é o mais tradicional hotel da cidade / Felipe Vieira/Especial para o JC
Bellagio é o mais tradicional hotel da cidade
Felipe Vieira/Especial para o JC
JC Online

A rede hoteleira de Las Vegas é um gigante com 149 mil leitos, que mantêm uma incrível ocupação média 89%, quando a média dos EUA é 65%. Se você quiser ficar na Las Vegas Strip, onde rola o agito da cidade, prepare-se para gastar um pouco mais. Se tiver condições, vale muito a pena se hospedar no Aria, que fica bem no meio da famosa avenida. Pertencente à rede MGM, é de longe o mais tecnológico dos resorts de Vegas. Dentro do quarto, tudo é feito a partir de um tablet instalado na mesa de cabeceira. Tudo mesmo: de abrir as cortinas a ligar a TV, passando pelo jogo de luz, sistema de som e contato com o serviço de quarto. As diárias começam a US$ 259.

Uma boa opção off-Strip (é como se fala dos lugares em LV que não ficam na Strip) é o Palms Resort. Localizado a menos de dois quilômetros da avenida, o Palms tem um visual descolado e um dos espaços de vida noturna mais bacanas da cidade: o Ghost Bar, localizado no topo dos 55 andares do resort. É possível ter uma fantástica vista da cidade ouvindo música de qualidade.

Las Vegas tem uma grande tradição de pool parties, as famosas festas à beira das piscinas dos resorts. A ideia é simples: um DJ renomado comandando as pickups, muita gente bonita, sol e água. Uma das mais famosas é a Wet Republic, que acontece no MGM Grand. A dica: chegar cedo (nós estávamos lá às 13h). E mais: existe um dress code muito específico para esse tipo de festa. Não erre e, se for homem, vá apenas de swimming trunks (bermudas de tactel, típicas de piscina), e se for mulher, apenas roupas de banho protegidas por cangas.

 

Provavelmente não há lugar mais legal para ver o espetáculo das fontes do Bellagio que o Hyde Lounge. Trata-se um charmoso bar-restaurante que fica à beira do grande lago onde as famosas fontes fazem suas coreografias. Imperdível à noite.

 

Se deseja um café da manhã reforçado, a dica é ir ao Caesar´s Palace curtir o Bacchanal Buffet. Imagine comidas de vários lugares do planeta e pegue leve para poder experimentar um pouco de cada coisa. A variedade é grande: italiano, indiano, chinês, americano clássico...uma refeição para o resto do dia.

 

Para quem quer comprar roupas em um lugar muito bem estruturado e com uma localização estratégica (o lado norte da Las Vegas Strip), a melhor dica é sem dúvida o Fashion Show. Em dias de calor não muito intenso, dá para ir andando até o local curtir algumas das mais famosas marcas de roupas do mundo a preços mais acessíveis.

 

Uma vez dentro do luxuoso Mandalay Bay, jamais deixe de conferir o Shark Reef Aquarium. Trata-se de uma verdadeira obra de arte da engenharia, pois é uma espécie de jardim zoológico do mundo aquático, todo construído nas dependências do hotel. A melhor parte é o túnel transparente por onde você pode ver tubarões passando por todos os lados. O ingresso também é acessível: US$ 4,50

 

 

A partir de US$ 100 pode-se fazer um dos melhores programas para quem está em Las Vegas: o sobrevoo de helicóptero até o Grand Canyon. São 45 minutos para cada trajeto (ida e volta) e uma parada de cerca de 20 minutos no único lugar do parque onde é possível o pouso de helicópteros. O JC garante: é uma experiência para toda a vida. Nós vamos com a Sundance Helicopters, na companhia do agradável e sempre bem-humorado piloto Gibson Mokler.


Que tal subir 46 andares e ter uma vista incrível da Strip, bem em frente ao Bellagio? E não é em nenhum prédio, e sim numa réplica incrível da Torre Eiffel, que tem exatamente a metade da altura da original parisiense. Se você tem medo de altura, não se preocupe: no topo da torre tudo é fechado e é possível ter uma das melhores vistas de Las Vegas.


Fanáticos por velocidade têm um endereço certo em Las Vegas. Inaugurado há pouco mais de dois meses, o Speed Vegas é simplesmente uma pista privada de corrida onde as pessoas podem guiar carros superesportivos, como Shelby Mustang, Ferraris e Lamborghinis. São três voltas ao redor do circuito, sempre na companhia de um piloto profissional, que explica o que deve ser feito e em que velocidade andar. Vale muito a pena.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM