Jornal do Commercio
TURISMO

Hotéis para todos os gostos em Las Vegas

Rede hoteleira é diversificada e mantém ocupação média de 89%

Publicado em 10/09/2016, às 19h38

Bellagio é o mais tradicional hotel da cidade / Felipe Vieira/Especial para o JC
Bellagio é o mais tradicional hotel da cidade
Felipe Vieira/Especial para o JC
JC Online

A rede hoteleira de Las Vegas é um gigante com 149 mil leitos, que mantêm uma incrível ocupação média 89%, quando a média dos EUA é 65%. Se você quiser ficar na Las Vegas Strip, onde rola o agito da cidade, prepare-se para gastar um pouco mais. Se tiver condições, vale muito a pena se hospedar no Aria, que fica bem no meio da famosa avenida. Pertencente à rede MGM, é de longe o mais tecnológico dos resorts de Vegas. Dentro do quarto, tudo é feito a partir de um tablet instalado na mesa de cabeceira. Tudo mesmo: de abrir as cortinas a ligar a TV, passando pelo jogo de luz, sistema de som e contato com o serviço de quarto. As diárias começam a US$ 259.

Uma boa opção off-Strip (é como se fala dos lugares em LV que não ficam na Strip) é o Palms Resort. Localizado a menos de dois quilômetros da avenida, o Palms tem um visual descolado e um dos espaços de vida noturna mais bacanas da cidade: o Ghost Bar, localizado no topo dos 55 andares do resort. É possível ter uma fantástica vista da cidade ouvindo música de qualidade.

Las Vegas tem uma grande tradição de pool parties, as famosas festas à beira das piscinas dos resorts. A ideia é simples: um DJ renomado comandando as pickups, muita gente bonita, sol e água. Uma das mais famosas é a Wet Republic, que acontece no MGM Grand. A dica: chegar cedo (nós estávamos lá às 13h). E mais: existe um dress code muito específico para esse tipo de festa. Não erre e, se for homem, vá apenas de swimming trunks (bermudas de tactel, típicas de piscina), e se for mulher, apenas roupas de banho protegidas por cangas.

 

Provavelmente não há lugar mais legal para ver o espetáculo das fontes do Bellagio que o Hyde Lounge. Trata-se um charmoso bar-restaurante que fica à beira do grande lago onde as famosas fontes fazem suas coreografias. Imperdível à noite.

 

Se deseja um café da manhã reforçado, a dica é ir ao Caesar´s Palace curtir o Bacchanal Buffet. Imagine comidas de vários lugares do planeta e pegue leve para poder experimentar um pouco de cada coisa. A variedade é grande: italiano, indiano, chinês, americano clássico...uma refeição para o resto do dia.

 

Para quem quer comprar roupas em um lugar muito bem estruturado e com uma localização estratégica (o lado norte da Las Vegas Strip), a melhor dica é sem dúvida o Fashion Show. Em dias de calor não muito intenso, dá para ir andando até o local curtir algumas das mais famosas marcas de roupas do mundo a preços mais acessíveis.

 

Uma vez dentro do luxuoso Mandalay Bay, jamais deixe de conferir o Shark Reef Aquarium. Trata-se de uma verdadeira obra de arte da engenharia, pois é uma espécie de jardim zoológico do mundo aquático, todo construído nas dependências do hotel. A melhor parte é o túnel transparente por onde você pode ver tubarões passando por todos os lados. O ingresso também é acessível: US$ 4,50

 

 

A partir de US$ 100 pode-se fazer um dos melhores programas para quem está em Las Vegas: o sobrevoo de helicóptero até o Grand Canyon. São 45 minutos para cada trajeto (ida e volta) e uma parada de cerca de 20 minutos no único lugar do parque onde é possível o pouso de helicópteros. O JC garante: é uma experiência para toda a vida. Nós vamos com a Sundance Helicopters, na companhia do agradável e sempre bem-humorado piloto Gibson Mokler.


Que tal subir 46 andares e ter uma vista incrível da Strip, bem em frente ao Bellagio? E não é em nenhum prédio, e sim numa réplica incrível da Torre Eiffel, que tem exatamente a metade da altura da original parisiense. Se você tem medo de altura, não se preocupe: no topo da torre tudo é fechado e é possível ter uma das melhores vistas de Las Vegas.


Fanáticos por velocidade têm um endereço certo em Las Vegas. Inaugurado há pouco mais de dois meses, o Speed Vegas é simplesmente uma pista privada de corrida onde as pessoas podem guiar carros superesportivos, como Shelby Mustang, Ferraris e Lamborghinis. São três voltas ao redor do circuito, sempre na companhia de um piloto profissional, que explica o que deve ser feito e em que velocidade andar. Vale muito a pena.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM