Jornal do Commercio
Tecnologia Tecnologia
  • Tamanho do texto:
  • A-
  • A+

AVIAÇÃO

Avião movido a energia solar decola nos EUA

A aeronave suíça Solar Impulse viajará pelos Estados Unidos "abastecido" com 12 mil placas fotovoltaicas

Publicado em 03/05/2013, às 16h49


Da AFP

 / Foto: AFP

Foto: AFP

O avião experimental suíço Solar Impulse, que funciona com energia solar, partiu nesta sexta-feira (3) da base aérea de Moffett, perto de San Francisco, Califórnia, dando início à primeira etapa de sua longa viagem através dos Estados Unidos. A aeronave decolou às 06h12 locais (10h12 de Brasília) em um dourado amanhecer e com um céu claro.

"O Solar Impulse lançou voo de forma bem-sucedida da Base da Força Aérea de Moffett", disse um operador da torre de controle. "Foi uma decolagem perfeita", acrescentou. Nesta primeira etapa até Phoenix, Arizona, o revolucionário avião é pilotado pelo aventureiro suíço Bertrand Piccard, um dos impulsionadores deste projeto de avião ecológico junto com André Borschberg, o outro piloto e cofundador da iniciativa.

"Não há quase nada de vento", disse Piccard após uma hora de voo. Câmeras na cabine transmitem ao vivo a travessia. Um painel de controle no site do projeto (live.solarimpulse.com.) também mostra parâmetros de voo em tempo real, entre eles a velocidade da aeronave, sua direção, o nível da bateria e a potência dos motores. Espera-se que o Solar Impulse aterrisse em Phoenix na madrugada de sábado (4) após 19 horas de voo.

A travessia até Nova York será feita em cinco etapas por razões de segurança, explicaram os dois aventureiros, afirmando que o avião pode tecnicamente voar sem escalas, mas só pode ter um piloto a bordo. Seriam necessários ao menos três dias para cobrir a distância a 70 km/h, a velocidade de cruzeiro da aeronave de 1,6 mil quilos de fibra de carbono, com uma envergadura de 63,4 metros equivalente à de um Boeing 747. Os pilotos estão limitados a voar até um máximo de 24 horas, disseram.

Depois de Phoenix, Arizona, onde o Solar Impulse deve pousar à 01h00 de sábado (4), a próxima parada será Dallas-Fort Worth, Texas. Depois irá a Atlanta (Georgia), Nashville (Tennessee) e St. Louis (Missouri).

A quarta escala do Solar Impulse será no aeroporto de Dulles, perto de Washington DC, em meados de junho, para chegar finalmente em julho ao aeroporto Kennedy de Nova York, o destino final. A unidade permanecerá entre uma semana e dez dias em cada parada, onde o público poderá ver o avião e fazer perguntas aos pilotos e a outros participantes do projeto. Isto permitirá que Piccard e Borschberg alternem o controle da aeronave e descansem entre os voos.

O objetivo é promover a tecnologia deste avião que depende de 12 mil células fotovoltaicas para produzir eletricidade suficiente para carregar sua bateria de lítio de 400 quilos, necessária para alimentar os quatro motores elétricos à hélice de 10 cavalos de potência, tanto de dia quanto de noite. "Antes, a exploração significava conquistar o mundo, territórios, hoje em dia a verdadeira aventura é tornar o mundo mais sustentável e encontrar soluções com as tecnologias existentes", disse à AFP na quinta-feira (2) o porta-voz da Solar Impulse, Alenka Zibetto.

O Solar Impulse, um projeto iniciado há dez anos, realizou seu primeiro voo em junho de 2009. Em 2010, o avião solar voou sem parar 26 horas para demonstrar sua capacidade de acumular energia suficiente durante o dia para seguir voando de noite. Um ano depois, a aeronave fez seu primeiro voo internacional entre Bélgica e França, e em junho de 2012 a primeira viagem transcontinental de 2.500 km entre Madri, na Espanha, e Rabat, no Marrocos, em 20 horas. Piccard e Borschberg preveem dar a volta ao mundo em 2015 com uma versão melhorada deste dispositivo. 

imprima
envie para um amigo
reportar erro

Comentar


nome e-mail
comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

Colunas JC

Mais Saúde

Mais Saúde

Verônica Almeida

Tudo sobre saúde pública

Pinga-Fogo

Pinga-Fogo

Sheila Borges

A cena política pernambucana

JC Negócios

JC Negócios

Fernando Castilho

Uma nova economia

Toques

Toques

José Teles

Tudo é música

Especiais JC

O adeus a Eduardo Campos O adeus a Eduardo Campos
Especial com matérias, fotos e vídeos de Eduardo Campos, morto em acidente aéreo no dia 13 de agosto de 2014
A história de mim A história de mim
Especial do JC mostra a história de todos nós.
Facebook Twitter RSS Youtube
Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM