Jornal do Commercio
Empreendedorismo

Aceleradoras são vitais para startups

Empresas prestam assessoria às iniciantes, ajudando a deslanchar o negócio

Publicado em 20/07/2013, às 19h40

É importante saber escolher qual aceleradora procurar, aconselharam os palestrantes / Igor Gomes/Especial para o JC

É importante saber escolher qual aceleradora procurar, aconselharam os palestrantes

Igor Gomes/Especial para o JC

Igor Gomes

Se você tem ou quer ter uma startup, deve passar por várias etapas certas (saber o que quer, criar um modelo de negócio) e incertas (como gerir o negócio, como desenvolver o produto). Quando esses estágios forem ultrapassados, o empreendedor pode procurar uma aceleradora para dar gás no negócio. São empresas que investem financeiramente em startups e costumam prestar assessoria para ajudar a desenvolver o negócio. As vantagens desse processo foram discutidas na última mesa-redonda de empreendedorismo da Campus Party. 

Com mediação de Guga Gorenstein (do poup.com), a mesa contou com participação do CEO da eStoks Soluções em Ativos Excedentes, Ricardo Salazar; Flávio Almeida, sócio da Proativa e da ProDeaf; Gustavo Monteiro, fundador da Opara; e Ronaldo Tenório, CEO da Hand Talk. O debate foi prestigiado e os campuseiros estavam visivelmente entusiasmados com a discussão.

As aceleradoras investem dinheiro em startups e fazem exigências contratuais em troca (aumento do pró labore dos sócios, compras em alto valor, entre outras possiblidades). As vantagens, segundo os debatedores, são muitas. "No meu caso, me fez ter foco no negócio, desenvolver o modelo ideal, proporcionou network, me aproximou de grandes empresas. Cresci seis anos em seis meses", declarou Tenório. "A aceleradora provoca e isso é muito bom. Às vezes ela não conhece o mercado e aponta fatos ou propõe ideias que nos tiram da zona de conforto", completou Ricardo Salazar.

É importante saber escolher qual aceleradora procurar. "Hoje há muitas aceleradoras, pseudoaceleradoras e coisas afins. É preciso saber escolher a melhor. Por isso, é bom buscar o histórico (das aceleradoras) e, se for possível, conhecer as pessoas que trabalham lá", afirmou Salazar.




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM