Jornal do Commercio
CAMPEONATO

Aplicativo Recife Saúde vence o torneio Hacker Cidadão

Ao mesclar mobilidade urbana com saúde, Ítalo Araújo e Helmut Kemper criaram ferramenta que facilita busca por hospitais, postos públicos e privados

Publicado em 20/07/2013, às 23h03

Ítalo Araújo (c) criou solução que apresenta unidades de saúde públicas e privadas com base na geolocalização / Igo Bione/JC Imagem

Ítalo Araújo (c) criou solução que apresenta unidades de saúde públicas e privadas com base na geolocalização

Igo Bione/JC Imagem

Cinthya Leite

A mistura de mobilidade urbana com saúde numa foi tão certeira e inspirou o designer Ítalo Araújo, 24 anos, e o programador Helmut Kemper, 38, a desenvolverem o aplicativo Recife Saúde, que venceu o torneio Hacker Cidadão, que estimulou a produção de projetos, durante a Campus Party Recife, baseados no portal Dados Abertos, da Prefeitura do Recife.

Três bases de dados disponibilizadas pela Secretaria de Saúde do Recife levaram a dupla de campuseiros a criarem o app, que oferece ferramentas capazes de facilitar a busca do usuário por hospitais e postos de saúde na capital pernambucana. Eles concorreram com outros 56 projetos. Destes, segundo a organização do campeonato, apenas 27 se transformaram realmente em soluções focadas na melhoria dos serviços oferecidos à sociedade.

"O nosso produto apresenta as unidades de saúde públicas e privadas com base na geolocalização. Ou seja, ao acionar o aplicativo, a pessoa encontra os hospitais e as unidades de saúde que estão mais próximos dela", disse Ítalo. Outra possibilidade, oferecida pela plataforma, é fazer a busca de acordo com o bairro ou a especialidade médica (ortopedia, trauma e clínica geral, por exemplo).

O mais interessante é que, ao identificar o posto de saúde ou o hospital, a solução sugere a linha de ônibus que o usuário deve usar para chegar ao local desejado. "Também são informados o preço da passagem, o tempo do trajeto e as distâncias percorridas entre as paradas de ônibus", frisou Helmut. 

E a dupla de campuseiros criou tudo num tempo curtíssimo: Ítalo começou a se debruçar nos dados disponibilizados pela Prefeitura do Recife quando a Campus Party Recife deu a largada, na quinta-feira (18). O desafio de Helmut, talvez, tenha sido maior. Ele só recebeu a tarefa para programar tudo ontem (19), às 8h. "Não consegui grudar os olhos, mas valeu a pena", diz.

Para Ítalo Araújo, pensar numa solução para melhorar o acesso aos serviços de saúde através de um plano de mobilidade foi muito importante. "Sei que a gente se empenhou muito para ficar entre os três primeiros lugares. Vencer o torneio, então, é uma imensa alegria. Esperamos que a população tire bastante proveito do aplicativo", finaliza o designer. 




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM