Jornal do Commercio
Tecnologia Tecnologia
  • Tamanho do texto:
  • A-
  • A+

Preço alto

Gamer que comprar PS4 nos Estados Unidos pagará R$ 1.650

Conversão da moeda mais impostos resulta em valor muito abaixo do preço divulgado pela Sony Brasil

Publicado em 17/10/2013, às 17h16


Do JC Online

 / Foto: Divulgação/Sony

Foto: Divulgação/Sony

A Sony provocou a ira dos gamers brasileiros após finalmente divulgar o preço do PS4 no País. O console de nova geração irá custar a bagatela de R$ 3.999, quase o dobro do preço do concorrente XBox One, da Microsoft. O aparelho chega ao Brasil na segunda quinzena de dezembro, duas semanas depois do lançamento nos Estados Unidos. Segundo a Sony, cerca de 70% desse valor corresponde a impostos.

O curioso é que nos Estados Unidos é o PS4 o console mais barato. Precisamente US$ 100 mais barato. Lá, o produto da Sony custa US$ 399, enquanto que o modelo da Microsoft é US$ 499. Outro fator curioso é que a desculpa dos impostos não bate com os números tão díspares dos consoles. Vale lembrar que nenhum deles é fabricado no Brasil (o que justificaria um preço tão mais baixo no caso do Xbox One). Ou seja, ambas empresas importam os consoles da mesma forma e estão sujeitos aos mesmos impostos.

Uma visita rápida ao site da Recife Federal é possível SIMULAR o preço de importação dos dois produtos. Com todas as taxas de importação, o PS4 sairia por R$ 1.647,49. Utilizando o mesmo processo de importação, o custo do Xbox One seria de R$ 2.060,39. Se considerarmos que as despesas com o transporte diluídas nas milheres de unidades importadas, a diferença de R$ 130 entre o preço nos Estados Unidos e o valor convertido e taxado no Brasil faz todo sentido.

Como se já não bastasse isso, o PS4 no Chile, por exemplo, equivale a cerca de R$ 1.550. Ou seja, é possível viajar para o país vizinho, comprar o novo console da Sony e, de repente, ainda economizar uns trocados.

Palavras-chave

imprima
envie para um amigo
reportar erro


Comentários

Por Fabio,18/10/2013

Ainda querem estimular as compras? Movimentar e economia? ISso é fazer o consumidor brasileiro (todos nós, de certa forma) de palhaços. Se a pessoa viajar aos E.U.A e comprar o game, ainda sai mais barato e sobra dinheiro! Como pode isso?! É um absurdo! O pior é que vai ter gente (ricos, claro) que vai comprar sem pestanejar. No minimo nos consumidores deveriamos comprar o console em outro país ou boicotar a Sony por isso.

Comentar


nome e-mail
comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

Colunas JC

Mais Saúde

Mais Saúde

Verônica Almeida

Tudo sobre saúde pública

Pinga-Fogo

Pinga-Fogo

Sheila Borges

A cena política pernambucana

JC nas Ruas

JC nas Ruas

Jorge Cavalcanti

Os problemas da comunidade

Planeta Bola

Planeta Bola

Carlyle Paes Barreto

Futebol dos gramados aos bastidores

Especiais JC

A história de mim A história de mim
Especial do JC mostra a história de todos nós.
Especial Ariano Suassuna Especial Ariano Suassuna
Veja caderno especial publicado no JC no dia seguinte à morte do escritor e dramaturgo Ariano Suassuna
Facebook Twitter RSS Youtube
Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM