Jornal do Commercio
Tecnologia Tecnologia
  • Tamanho do texto:
  • A-
  • A+

Preço alto

Gamer que comprar PS4 nos Estados Unidos pagará R$ 1.650

Conversão da moeda mais impostos resulta em valor muito abaixo do preço divulgado pela Sony Brasil

Publicado em 17/10/2013, às 17h16


Do JC Online

 / Foto: Divulgação/Sony

Foto: Divulgação/Sony

A Sony provocou a ira dos gamers brasileiros após finalmente divulgar o preço do PS4 no País. O console de nova geração irá custar a bagatela de R$ 3.999, quase o dobro do preço do concorrente XBox One, da Microsoft. O aparelho chega ao Brasil na segunda quinzena de dezembro, duas semanas depois do lançamento nos Estados Unidos. Segundo a Sony, cerca de 70% desse valor corresponde a impostos.

O curioso é que nos Estados Unidos é o PS4 o console mais barato. Precisamente US$ 100 mais barato. Lá, o produto da Sony custa US$ 399, enquanto que o modelo da Microsoft é US$ 499. Outro fator curioso é que a desculpa dos impostos não bate com os números tão díspares dos consoles. Vale lembrar que nenhum deles é fabricado no Brasil (o que justificaria um preço tão mais baixo no caso do Xbox One). Ou seja, ambas empresas importam os consoles da mesma forma e estão sujeitos aos mesmos impostos.

Uma visita rápida ao site da Recife Federal é possível SIMULAR o preço de importação dos dois produtos. Com todas as taxas de importação, o PS4 sairia por R$ 1.647,49. Utilizando o mesmo processo de importação, o custo do Xbox One seria de R$ 2.060,39. Se considerarmos que as despesas com o transporte diluídas nas milheres de unidades importadas, a diferença de R$ 130 entre o preço nos Estados Unidos e o valor convertido e taxado no Brasil faz todo sentido.

Como se já não bastasse isso, o PS4 no Chile, por exemplo, equivale a cerca de R$ 1.550. Ou seja, é possível viajar para o país vizinho, comprar o novo console da Sony e, de repente, ainda economizar uns trocados.

Palavras-chave

imprima
envie para um amigo
reportar erro


Comentários

Por Fabio,18/10/2013

Ainda querem estimular as compras? Movimentar e economia? ISso é fazer o consumidor brasileiro (todos nós, de certa forma) de palhaços. Se a pessoa viajar aos E.U.A e comprar o game, ainda sai mais barato e sobra dinheiro! Como pode isso?! É um absurdo! O pior é que vai ter gente (ricos, claro) que vai comprar sem pestanejar. No minimo nos consumidores deveriamos comprar o console em outro país ou boicotar a Sony por isso.

Comentar


nome e-mail
comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

Colunas JC

JC nas Ruas

JC nas Ruas

Jorge Cavalcanti

Os problemas da comunidade

Toques

Toques

José Teles

Tudo é música

Planeta Bola

Planeta Bola

Carlyle Paes Barreto

Futebol dos gramados aos bastidores

Pinga-Fogo

Pinga-Fogo

Sheila Borges

A cena política pernambucana

Especiais JC

A revolução da energia A revolução da energia
Em um momento difícil para a gestão de energia no Brasil, o JC traz um especial, no JC Online e no Jornal do Commercio, mostrando que essa é uma área essencial e em plena revolução
A loucura e suas implicações A loucura e suas implicações
Em 20 anos o tratamento de pessoas com transtornos mentais mudou no Recife. Manicômios fecharam para dar lugar a novos espaços
Facebook Twitter RSS Youtube
Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM