Jornal do Commercio
Redes Sociais

Campanha no Twitter pede demissão de William Waack

Jornalista apareceu em um vídeo reclamando da atitude de um motorista e dizendo que era ''coisa de preto''

Publicado em 09/11/2017, às 15h35

William Waack, apresentador do Jornal da Globo, é acusado de racismo e afastado do telejornal / Foto: Reprodução
William Waack, apresentador do Jornal da Globo, é acusado de racismo e afastado do telejornal
Foto: Reprodução
JC Online

Após o jornalista William Waack aparecer em um vídeo fazendo comentários com teor racista, usuários da rede social Twitter iniciaram uma campanha pedindo a sua demissão. O nome do apresentador do Jornal da Globo chegou a aparecer nos Trends Topics como um dos mais comentados.

A revolta das pessoas começou quando uma gravação feita no ano passado apareceu nas redes sociais. Nela, o jornalista aparece, minutos antes de entrar ao vivo para falar das eleições americanas, reclamando de uma buzina que soa na rua. "Tá buzinando por quê, seu merda do cacete?", comentou William Waack, completando: "Não vou nem falar porque eu sei quem é. É preto. É coisa de preto". 

A maneira como o apresentador se comportou e o tom racista do comentário gerou grande revolta. Veja alguns comentários no Twitter:

Afastado

No início da noite, a Rede Globo enviou um comunicado à imprensa informando que decidiu afastar William Waack do Jornal da Globo. De acordo com a emissora, os diretores ainda vão se reunir com Waack para decidir seu futuro.

No texto escrito pela TV Globo, a emissora se disse que William Waack não se lembrava do ocorrido, "mas pede sinceras desculpas àqueles que se sentiram ultrajados pela situação".


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM