Jornal do Commercio
MANUTENÇÃO

Para-brisa de carro trincado pode ser recuperado

Uma pedrinha que bate no para-brisa do carro é suficiente para
rachar o vidro, mas existem lojas especializadas nesse conserto

Publicado em 26/06/2011, às 10h00

O técnico usa uma mangueira de ar para tirar as impurezas do vidro trincado / Foto: Cristiano Régis/Divulgação

O técnico usa uma mangueira de ar para tirar as impurezas do vidro trincado

Foto: Cristiano Régis/Divulgação

Uma pedrinha que bate no para-brisa do carro pode ser suficiente para trincar o vidro e causar um enorme prejuízo ao dono do veículo. O valor do para-brisa novo depende da marca do automóvel, mas o motorista de um modelo popular desembolsa pelo menos R$ 350, que é o preço médio cobrado nas lojas. E o condutor tem de resolver o problema logo, pois quem é flagrado guiando um carro com vidro trincado pode ser multado em R$ 127,69. A lei proíbe a circulação do veículo se o trinco estiver no campo de visão do condutor ou ser for muito grande. Mas o que muita gente não sabe é que existem oficinas especializadas na recuperação e que cobram valores entre R$ 50 e R$ 100.

O preço vai depender do tamanho do trinco e do modelo do carro. As vantagens em recuperar são muitas. Uma delas é o fato de o vidro original ser mantido. Outra é o ganho de tempo. Enquanto o reparo dura em média 50 minutos, a troca do vidro por um novo pode demorar quatro horas. Numa comparação rasteira, o serviço de recuperação é similar ao trabalho feito por um dentista na obturação de um dente. O técnico em vidros usa uma furadeira com uma broca bem fina para perfurar o para-brisa até o ponto final do trinco. Tudo para evitar que ele se alastre. Depois, utiliza uma mangueira de ar para tirar as impurezas e acabar com umidade. O terceiro passo é aplicar uma resina acrílica para preencher o espaço do trinco. Por último, deixa uma luz ultravioleta agir por 20 minutos para secar.

» Leia a reportagem completa no Jornal do Commercio deste domingo (26)

Palavras-chave


Comentários

Por GUOLANDA,20/11/2017

O vidro do parabrisa trinco mas ou menos 4cm é um Sandero 2014 , pode ser recuperado.

Por leandro batista da silva ,22/02/2017

meu parabrisa esta trincado como faso para conserta ?

Por regina,09/09/2014

Oi eu li sobre trincas de carros mas ,gostaria de saber onde se localiza a oficina.Obrigada

Por gilson,16/08/2014

onde conserto o para brisa salvador ba

Por george,28/07/2014

tenho um gol g4 o vidro dianteiro esta com uma rachadura de no minimo 30 cm da para fazer o serviço espero resposta obrigado



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM