Jornal do Commercio
MANUTENÇÃO

Você já pensou no prazo de validade do cinto de segurança?

Equipamento deve ser substituído em caso de apresentar problemas

Publicado em 14/04/2012, às 07h10

Do JC Online

Quem costuma verificar nível de óleo, calibrar os pneus e checar o sistema de freios deve se acostumar também a observar os cintos de segurança do carro. Isso mesmo. Esse equipamento faz o seu trabalho de maneira tão eficiente e silenciosa que quase o motorista não presta atenção nele. No entanto, os donos de carros precisam saber que eles têm prazo de validade, devem ser limpos regularmente e, se o veículo já se envolveu em algum acidente, devem ser revisados para garantir seu perfeito funcionamento e evitar surpresas desagradáveis em caso de colisões.

Mecânicos experientes dizem que não é recomendado consertar um cinto de segurança avariado. “Algumas capotarias ou mesmo oficinas oferecem o serviço de recuperação do sistema de enrolamento e auto-travamento dos cintos, mas como se trata de um item de segurança o melhor mesmo é não confiar e trocar por um novo”, afirma João Araújo, proprietário da Office Center, uma das principais oficinas mecânicas do Recife. Segundo ele, a manutenção do equipamento é relativamente simples e o motorista pode identificar essas alterações sem precisar levar o carro a uma oficina.

Leia mais sobre a manutenção de cintos de segurança no JC deste domingo.

Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Fascinante África do Sul Fascinante África do Sul
Reportagem especial aborda os atrativos turísticos da África do Sul e as relações econômicas do país com o Brasil
Dossiê das torcidas organizadas Dossiê das torcidas organizadas
Série de reportagens mostra a atuação das torcidas organizadas em Pernambuco a partir de 2001, ano da primeira morte em consequência dos confrontos
Fora dos trilhos Fora dos trilhos
Dez anos depois do início das obras da Transnordestina, o pouco que foi construído está abandonado. Era 'o sonho' de uma ligação férrea entre o litoral e o interior do Nordeste

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2016 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM