Jornal do Commercio
VENDA DIRETA

Carros são mais baratos para empresas

Quem tem firma registrada pode comprar um veículo novo com bons descontos e muita gente nem sabe

Publicado em 21/03/2013, às 13h32

Vanessa Araújo

Quem pensa que somente frotistas e taxistas conseguem bons descontos na hora da compra de um zero-quilômetro está enganado. Qualquer pessoa que tenha empresa registrada pode ser beneficiada com o sistema de venda direta, inclusive pequenos empresários, sem precisar pechinchar com o vendedor. Além deles, autoescolas, produtores rurais e pessoas com necessidades especiais podem conseguir redução de até 20% no valor do veículo novo.

Donos de mercadinhos, padarias, oficinas e prestadores de serviço com CNPJ também podem ser contemplados com os bônus. Cada montadora tem sua política de descontos, que variam de acordo com modelo, volume e disponibilidade do veículo. Uma empresa com frota acima de 200 veículos tem potencial de obter melhores condições de redução no valor. Mesmo assim, o sistema de venda direta acaba sendo vantajoso até para empreendedores individuais que pretendem adquirir somente uma unidade.

Na Bremem Veículos, autorizada Volkswagen no Recife, maior parte dos clientes atendidos pelo sistema de venda direta são frotistas e os descontos variam de 12,5% a 15,5%, dependendo do perfil do cliente. “Quem compra o primeiro carro utilizando CNPJ consegue redução de até 12,5% na compra de um Gol G4, por exemplo. O veículo ano 2012-2013, com quatro portas, ar-condicionado, direção hidráulica, trava e vidro elétricos reduz de R$ 31.553 por R$ 27.608,88”, explica Luciana Lucena, gerente de venda direta da Bremem, simulando uma situação de compra.

Na Volks, com exceção dos importados, são vendidos com desconto todos os modelos. A lista inclui Amarok, Gol G4, novos Gol e Voyage, Fox, Crossfox, Spacefox, Polo, Golf, Saveiro e Kombi. Na negociação, o cliente faz o pedido na revenda, mas a compra é feita na fábrica. Uma desvantagem desse processo é que os carros de lançamento têm desconto menor e demoram mais tempo para chegar. Isso porque as fábricas priorizam o varejo e abastecem primeiro esse mercado para evitar filas de espera. É importante lembrar que o veículo comprado com esse desconto só poderá ser revendido seis meses após a aquisição para evitar que isso vire um mercado paralelo.

Clientes com frota de mais de 20 veículos e taxistas também são maioria na Auto Nunes, revenda da GM no Estado. Marino Carvalho, gerente de vendas diretas da concessionária, lembra que os lançamentos demoram um pouco mais a serem disponibilizados “Somente quando a demanda é normalizada que os carros se tornam elegíveis para a venda direta”, diz. Dos modelos disponíveis para venda direta estão Classic, Celta, Agile e Montana.

Para as revendas, que funcionam como intermediárias, é vantajoso vender por esse sistema porque as montadoras pagam comissões e as concessionárias passam a obter vantagens na hora da compra de peças junto às fábricas. Além disso, não precisam dispor de grande estrutura para armazenar o carro da loja.

Palavras-chave


Comentários

Por Cláudia,16/03/2016

EU comprar um carro popular com o meu CNPJ, mandem pra min a lista de preço

Por mariavalciane,23/11/2014

preciso D+ de um carro para transportar mecadorias até aos meus clientes que moram na zono rural da minha cidade, de preferencia uma strada , como posso fazer para consegui ?

Por sales,20/06/2014

quantos eu posso da de entrada para comprar um carro pela minha empresa

Por sales,20/06/2014

quanto de entrada para comprar uma strada cabina dupra

Por sales,20/06/2014

tenho a minha empresa quantos anos de registrada eu posso comprar um carro pela empresa



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.
#PeloCaminhar #PeloCaminhar
Mais do que mobilidade, caminhar também é apropriar-se da cidade. Mas o caminhar está difícil. A mobilidade a pé necessita de uma infraestrutura própria, decente, que eleve o pedestre ao posto maior. Por isso o JC lança a discussão #PeloCaminhar.
20 anos do novo cinema pernambucano: de Baile Perfumado a Aquarius 20 anos do novo cinema pernambucano: de Baile Perfumado a Aquarius
Nos últimos 20 anos, o cinema pernambucano ganhou em diversidade e número de filmes produzidos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2016 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM
?>