Jornal do Commercio
Veículos Veículos
  • Tamanho do texto:
  • A-
  • A+

ATRAÇÃO

Triciclo Harley-Davidson no Recife

O Tri Glide impressiona pelo tamanho e conforto, mas ainda não está à venda no mercado brasileiro. A marca está testando sua receptividade

Publicado em 07/01/2014, às 17h49


Da editoria de Veículos

Ùnico modelo de três rodas fabricado pela lendária marca, o Tri Glide tem motor de 1.700 cilindradas / Divulgação

Ùnico modelo de três rodas fabricado pela lendária marca, o Tri Glide tem motor de 1.700 cilindradas

Divulgação

    Os fãs da marca Harley-Davidson têm a oportunidade de conhecer de perto o Tri Glide. Um único exemplar do triciclo com motor de 1.700 cilindradas está em exposição na revenda da marca, no Bairro da Imbiribeira, Zona Sul do Recife. O triciclo ainda não está à venda no Brasil, mas a Harley-Davidson está utilizando o carisma do modelo como chamariz para a sua linha 2014 de motocicletas.

    A ideia também é fazer uma espécie de pesquisa com os clientes para medir o interesse pelo modelo de três rodas e assim decidir pela produção em Manaus do Tri Glide. “A montagem no Brasil viabilizaria à venda porque, importado, o preço ficaria muito alto”, diz Marcelo Miranda, gerente da revenda Recife Harley-Davidson. Ele calcula que o custo para se ter hoje um Tri Glide importado seria em torno de R$ 110 mil.


    Derivado da Electra Glide, modelo mais caro da Harley à venda no País, o Tri Glide não é uma adaptação feita a partir da motocicleta. Ele foi construído para ser um triciclo. Da Electra Glide, no entanto, herdou a frente e a parte da mecânica, além do conforto, aqui aumentado pela presença das duas rodas traseiras de 16 polegadas (as dianteiras são aro 17). O Tri Glide tem ainda a conveniência de um porta-malas traseiro com 125 litros de capacidade, além de dois porta-objetos, sendo que um deles comporta dois capacetes.O motor é exclusivo desse modelo, com refrigeração líquida.

 

Palavras-chave

imprima
envie para um amigo
reportar erro

Comentar


nome e-mail
comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

Fotos do dia

Urna funerária indígena, do período anterior à chegada de Cabral ao Brasil, está exposta
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

> JC Imagem

Urna funerária indígena, do período anterior à chegada de Cabral ao Brasil, está expostaUrna funerária indígena com idade estimada em 1.500 a 2 mil anos foi encontrada em Itamaracá em 1993Dentro da urna funerária havia 64 fragmentos de ossos humanos, dez dentes e 12 contas de um colarEm formato de pera e feita de argila, a urna funerária pré-histórica é atribuída aos índios tapuiasUma conta de amazonita, dez dentes e 64 fragmentos de ossos humanos estão expostos em Igarassu (PE)

Colunas JC

JC Negócios

JC Negócios

Fernando Castilho

Uma nova economia

Pinga-Fogo

Pinga-Fogo

Sheila Borges

A cena política pernambucana

Toques

Toques

José Teles

Tudo é música

olho vivo

olho vivo

Raissa Ebrahim

Saiba tudo sobre diretos dos consumidor

Especiais JC

Periferia travada Periferia travada
Especial mostra as dificuldades que pessoas que moram no subúrbio do Grande Recife têm para deslocar na periferia
O adeus a Eduardo Campos O adeus a Eduardo Campos
Especial com matérias, fotos e vídeos de Eduardo Campos, morto em acidente aéreo no dia 13 de agosto de 2014
Facebook Twitter RSS Youtube
Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM