Jornal do Commercio
TEST-DRIVE

Onix encara aventura com conforto

Suspensão elevada, visual esportivo e bom acabamento são qualidades do Onix Activ

Publicado em 09/04/2017, às 14h14

Onix é o carro mais vendido no Brasil há dois anos e a versão Activ explica porquê / Divulgação
Onix é o carro mais vendido no Brasil há dois anos e a versão Activ explica porquê
Divulgação
Edilson Vieira
Repórter de Veículos

O Onix é o carro mais vendido no Brasil desde 2015. E não é à toa. A Chevrolet já era campeã em vendas quando deu uma boa melhorada na dupla Onix e Prisma na metade do ano passado. Renovou o visual dos dois carros, adotou a direção elétrica e melhorou o câmbio. De quebra, apresentou a versão Activ, a primeira configuração aventureira para o hatch. Essa nova versão tem a difícil missão de concorrer com modelos consagrados: Renault Sandero Stepway, Hyundai HB20X e Volkswagen CrossFox. E está se saindo bem. O Activ é o melhor dos Onix. Gostoso de dirigir, econômico, e confortável, apesar do espaço limitado da cabine, e ótimo para rodar na cidade com o câmbio automático de seis marchas.

ONIX

O Onix Active custa a partir de R$ 58.490. Para acrescentar a caixa de marchas automática, a conta sobe R$ 5.100 e o carro sai por R$ 63.590. A pintura metálica custa mais R$ 1.350. O Onix Activ traz de diferente em relação às outras versões as molduras de plástico na cor preta nos para-lamas, apliques nos para-choques, rack no teto e estribos laterais. As rodas de 15 polegadas têm desenho exclusivo e a suspensão ficou 3 centímetros mais alta. Parece pouco, mas o que importa mesmo é a nova calibragem das molas e amortecedores que deixou o carro mais firme sem prejudicar o conforto.



O motor é o 1.4 flex, de 106 cavalos de potência. A terceira geração do câmbio automático da Chevrolet nem de longe lembra os primeiros sistemas que faziam o Onix soluçar e se arrastar na estrada. Os pequenos trancos que aparecem na troca automática das marchas agora são raros e não comprometem o conforto. Rodando a 100 km/hora na estrada, o Onix Activ é bem silencioso. O porta-malas é pequeno, 280 litros, mas adequado ao tamanho do carro. A posição de dirigir é agradável por conta do banco confortável com regulagem de altura. O volante é bom de empunhar e a visibilidade dos instrumentos perfeita. A central multimídia sensível ao toque é bem intuitiva de usar e o carro ainda vem com o sistema On Star, que coloca uma central telefônica 24 horas à disposição do motorista para passar vários tipos de informação e ainda auxiliar em caso de acidentes ou socorro mecânico. O serviço é pago como assinatura mensal.


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

O acabamento do Onix Activ está acima da média para o segmento, embora a cor alaranjada presente no painel e em grandes espaços dos bancos e portas possa não agradar a todos. O plástico das peças internas é agradável ao toque e tecidos são de boa qualidade nos bancos e forração das portas. A boa vida a bordo só é um pouco prejudicada pela posição avançada do painel como um todo, que dá a impressão da peça estar “roubando” espaço interno. As janelas traseiras são pequenas e ficam numa posição elevada, prejudicando a visão dos passageiros mais baixinhos. O vidro traseiro também é pequeno, mas a visão para trás não é ruim porque este Onix conta com câmara de ré, aliada aos sensores de estacionamento. Sem ter a pretensão de ser um jipe fora da estrada, o Onix Activ dá segurança para enfrentar pisos um pouco mais ruins e encarar as lombadas nossas de cada dia.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM