Jornal do Commercio
RECALL

Fiat promove recall para Fiat Toro

Picape pode apresentar defeito no sistema de desligamento do motor em emergências

Publicado em 11/04/2017, às 14h02

Unidades envolvidas são da versão 2.0 Diesel anos 2016/2017 / Divulgação
Unidades envolvidas são da versão 2.0 Diesel anos 2016/2017
Divulgação
Editoria de Veículos

Começou esta semana o agendamento do recall que a Fiat está promovendo para a picape Toro. Os carros envolvidos utilizam a motorização 2.0 diesel, ano/modelo 2016 a 2017. A Fiat pede que os proprietários compareçam às concessionárias para que seja providenciada, gratuitamente, a configuração do sistema eletrônico de controle do motor dos veículos. No total, 9.343 unidades da Toro precisam fazer o reparo.

RECALL

Foi detectado que o dispositivo que permite o desligamento do motor sem que a alavanca de câmbio esteja na posição P (estacionamento) pode não funcionar em alguns modelos. Esse recurso só pode ser utilizado em velocidades abaixo de 8 km/hora e em situações de emergência, como em um incêndio, quando é preciso desligar o carro em movimento. Segundo a Fiat, em caso de tentativa de utilização, pelo motorista, do dispositivo, o seu não funcionamento conforme previsto, poderá aumentar o risco de colisão com consequentes danos físicos e materiais ao condutor, passageiros e terceiros.



O tempo estimado de reparo é de 30 (trinta) minutos, podendo variar conforme o fluxo de atendimento na concessionária escolhida. Para consulta dos números de chassis envolvidos ou mais informações, contate a Central de Serviços ao Cliente Fiat pelo telefone 0800 707 1000 ou consulte www.fiat.com.br.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM